BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, fevereiro 06, 2017

Dolores dolorida>Estímulos literários> 06/02/2017



A amizade, a solidariedade, a alegria da primavera e  as lamentações.

De que forma a Dolores poderia ganhar carinho e atenção de seus amigos sem  ter de criar doenças? .

A autora oferece aos pequenos, e a seus pais e professores, uma sensível e divertida alegoria daquilo que somos capazes de fazer para chamar a atenção e pôr à prova o carinho e a amizade daqueles que nos cercam.
Com uma narrativa em versos curtos e rimados e delicadas ilustrações criadas com tecidos, papéis e objetos, o livro acompanha a sofrida rotina de Dolores e os esforços de seus amigos da mata para ajudá-la. 
'Dolores Dolorida' é uma história sobre uma serpente doente da cabeça à cauda - ou seria, simplesmente, uma forma diferente de demonstrar que estava carente de atenção?
Ora é o estômago, ora a garganta, dor de dente, então, nem se fala!
Por mais que seus amigos da mata tentem dar cabo de suas dores - a rã, o sapo, até mesmo a formiga, sem medo de uma mordida, todos levam remédios, unguentos, palpites -, Dolores está sempre dolorida reclamando da vida, até o dia em que a bicharada resolve organizar uma grande festa para celebrar o fim da primavera e acaba se esquecendo de convidar a doente (afinal, ela precisa de descanso).
Será que Dolores vai ficar fora dessa ou dará finalmente adeus a suas dores?
A história...
Que peninha da Dolores! Cheia de dores a dona serpente, na verdade muito carente, tinha dor de cabeça, dor de barriga, dor de dente e até calo no pé! Calo no pé? Alguém na floresta ficou sem entender como podia ter a serpente um calo no pé, se serpente nem tem pé! De tantas mazelas que sofria a cobra, ganhou por lá o apelido de Dolores Dolorida e só é curada de tanta ferida quando é, de propósito esquecida para o grande baile organizado pelos bichos.  Trata de esquecer suas dores, a serpente Dolores e se enfeita toda para curtir a festança. Queria na verdade carinho e atenção e com tanta bajulação de todos que vinham tentar curar suas dores, achou que pra ser uma serpente querida, precisava viver doente, estar sempre dolorida!
Na floresta , Dolores era mesmo mimada, mas a bicharada já não aguentava tanta doença! Da coruja à formiga, tinha sempre algum bicho inventando remédio e cuidando das infinitas dores da serpente dolorida!



E por mais que levassem cuidados, as dores de Dolores não desapareciam!



Talvez Dolores não tenha lido o poeta Mário Quintana que uma vez escreveu: "Se eu pudesse, pegava a dor, colocava a dor dentro de um envelope e mandava de volta para o remetente."
Talvez até tivesse lido, mas a serpente gostava mesmo é de estar doente, só pra chamar a atenção, ser assim, uma espécie de atração...



No fundo, não estava doente a serpente, vivia era muito carente! Dolores Dolorida é uma deliciosa história escrita pela Vera Cotrim e ilustrada com delicadeza pela Tatiana Paiva. O livro é da Editora Rocco, indicado para os pequenos leitores. Mas eu posso garantir que vai ter marmanjo se encolhendo pra dar risada com as dores da Dolores!
Atividades
Artes/fazendo a cobra
Fantoches
Teatrinho
Motivação
Estratégia para a leitura
AQUI

Desdobramentos
Música: A cobra não tem pé
+ sugestões pedagógicas
AQUI
Olha que belezinha a árvore
Trouxe do grupo/face/educação infantil/
Professora Cidinha Pires





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios