BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quarta-feira, novembro 14, 2012

A casa sonolenta>Estímulos literários>A velha a fiar>14/11/12




A Casa Sonolenta
(Andrey Wood)
"Era uma vez uma casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Nessa casa tinha uma cama, uma cama aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Nessa casa tinha uma avó, uma avó roncando, numa cama aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Em cima dessa avó tinha um menino, um menino sonhando, em cima de uma avó roncando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Em cima desse menino tinha um cachorro, um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó roncando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo. Em cima desse cachorro, tinha um gato.
Um gato ressonando, em cima do um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó roncando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Em cima desse gato tinha um rato, um rato dormitando, em cima de um gato ressonando, em cima do um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó roncando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Em cima desse gato tinha uma pulga.... Seria possível?
Uma pulga acordada, em cima de um rato dormitando, um gato ressonando, em cima do um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó roncando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.
Uma pulga acordada que picou o rato, que assustou o rato, que arranhou o cachorro, que caiu sobre o menino, quem deu um susto na avó, que quebrou a cama, numa casa sonolenta, onde ninguém mais estava dormindo."
"Que todos nós possamos ser em nossos grupos, comunidades, quem sabe, no mundo, esta pulga, pequena, mas acordada...."
Oralidade:
1- Qual é o título e quem é o autor do texto?
2- Quais são os moradores desta casa?
3- O que havia nesta casa?
4- Como viviam os moradores desta casa?
5- Qual foi o fato aconteceu que despertou todos da casa?
6- O que é uma casa aconchegante?
Escrita:
1- Fazer uma lista dos personagens sonolentos na ordem em que eles aparecem na historia:
2- Fazer uma lista dos objetos que aparecem na casa:
3- Que tipo de materiais foi usado para construir a casa?
4-Que outros materiais podem ser utilizados para construir outros tipos de casas?




Apreciação da obra com detalhes:
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - A CASA SONOLENTA




1º Momento: Apresentação da História
"Este primeiro momento foi dedicado à narração da história (história com repetições – lengalengas). Iniciamos com a apresentação da capa do livro e questionamentos sobre o que estavam vendo.
Organizei um espaço aconchegante para que este momento pudesse acontecer de maneira especial. Fizemos uma roda e as crianças sentaram sobre um tapete ou sobre almofadas.
Depois de as crianças ouvirem a história, tiveram um tempo para que pudessem expressar suas emoções e impressões. Um tempo para relembrarem os personagens sonolentos e recontarem a história. Para isso, as crianças manusearam o livro e fizeram a leitura das imagens, o que as possibilitou mudar o enredo e criar outras histórias".
2º Momento: A construção da casa sonolenta.
"Para construção da casa, organizei um espaço adequado para trabalhar com papietagem.
As crianças cortaram o papel Kraft (pardo) em pequenas tiras. Escolhemos este tipo de papel (mais grosso), porque nosso objetivo era reforçar a caixa, além de dar a ela uma nova cobertura (papietagem).
A técnica de papietagem consiste em colar papel sobre papel, formando camadas sobrepostas aplicadas sobre uma superfície dura. Para que o trabalho de papietagem tenha maior êxito, será importante deixar secar cada camada para aplicar uma próxima.
Com crianças pequenas, as etapas de cortar o papel e depois colá-lo sobre a caixa, foram realizadas em momentos diferentes (início e final da aula), a fim de não ultrapassar o tempo delas de envolvimento e concentração".
3. Matemática
"Construção de um gráfico: “Quantas pessoas moram com você?”.
Construímos uma tabela com os dados.
Cada criança pegou um cartão numerado com o número de pessoas que moram em sua casa e colou no gráfico (cartaz).
Depois de pronto farão o registro.
Para finalizar fizemos a dobradura da casa".


  

3º Momento: Pintura da caixa/casa. (área externa)
"A caixa será a Casa Sonolenta.
Para esta sessão de pintura, recorremos ao livro e retomamos a história.
 As crianças pequenas adoram ouvir a mesma história muitas vezes.
Observando as imagens do livro, as crianças deveriam identificar a cor da casa (tons de azul) para pintar nossa casa (caixa): também de azul".
Materiais necessários:
• A caixa
• Pincéis, um para cada criança;
• Tintas
Depois de organizados o espaço e o material, mãos à obra!!! A caixa foi colocada no centro do círculo de crianças e elas realizaram a pintura coletivamente.





4º Momento: Construção do mobiliário/cama.
"Para a nossa casa, fizemos a cama, que é o mobiliário de maior referência na história.
Construiremos a cama com caixas pequenas e de um tamanho que caiba dentro da caixa (casa) fechada. Utilizamos uma caixa para representar a cabeceira e outra, para o colchão.
Colocamos uma caixa na outra com fita crepe e posteriormente fizemos a pintura da cama.
As crianças deveriam observar o livro e decidir a cor da cama de acordo com as imagens do livro (marrom)".




5. Informática
Assistimos a apresentação de duas histórias que apresentam repetições (lengalengas) - youtube:
· A casa sonolenta (2:17)
· A velha a fiar (5:00)
Após cada uma das apresentações fizemos a retomada dos fatos.



         
   

5º Momento: Elaboração dos personagens/ montagem da caixa
"As crianças foram solicitadas a trazerem brinquedos que pudessem representar os personagens. Caso não fosse possível utilizá-los, faríamos a elaboração dos que faltassem utilizando materiais recicláveis já coletados".
6º Momento: Brincando e contando histórias com a caixa.
Depois de pronta a caixa, desfrute com o grupo de uma divertida história.
Neste momento, as crianças contaram a história e não apenas ouviram o enredo original. Também puderam manusear os personagens, imaginando e criando diferentes aventuras.


  
Produção de texto

Observe a imagem e escreva o nome dos personagens da história: “A casa sonolenta”


A velha a fiar: o texto, o filme e a interpretação.

Ampliar a habilidade de interpretação textual;
Trabalhar a capacidade de compreensão de texto
Duração das atividades
Quatro aulas de aproximadamente 40 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Crianças que já estejam em fase de sistematização e consolidação da base alfabética.

Estratégias e recursos da aula
Atividade 1– Trabalhando com a música
Comece perguntando a turma quem conhece a canção “A velha a fiar”, peça, caso alguém saiba, para cantar um trecho da música. Depois você pode apresentar a reprodução da música abaixo para a turma e pedir que observem juntos:
1) A organização da estrutura de um texto no formato de música.
2) A sequência dos eventos apresentadas nos versos da música e como eles se repetem para formarem juntos um “cenário” do evento a que a música se refere.
A Velha a Fiar
Los Primos
Estava a velha em seu lugar
Veio a mosca lhe fazer mal
A mosca na velha e a velha a fiar
Estava a mosca em seu lugar
Veio a aranha lhe fazer mal
A aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava a aranha em seu lugar
Veio o rato lhe fazer mal
O rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava o rato em seu lugar
Veio o gato lhe fazer mal
O gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava o gato em seu lugar
Veio o cachorro lhe fazer mal
O cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava o cachorro em seu lugar
Veio o pau lhe fazer mal
O pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar Estava o pau em seu lugar
Veio o fogo lhe fazer mal
O fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava o fogo em seu lugar
Veio a água lhe fazer mal
A água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava a água em seu lugar
Veio o boi lhe fazer mal
O boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava o boi em seu lugar
Veio o homem lhe fazer mal
O homem no boi, o boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava o homem em seu lugar
Veio a mulher lhe fazer mal
A mulher no homem, o homem no boi, o boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar
Estava a mulher em seu lugar
Veio a morte lhe fazer mal
A morte na mulher, a mulher no homem, o homem no boi, o boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar

Atividade 2 – Fazendo a leitura da ficha técnica do curta
Abaixo apresento dois modelos de ficha, fica ao seu critério escolher um deles ou trabalhar os dois comparando-os, o que acredito ser melhor para trabalhar a diferenciação dos tipos de texto do gênero ficha e as informações que trazem.
Com as crianças faça a leitura e discutam as informações dos textos.
A Velha a Fiar
Gênero Ficção
Diretor Humberto Mauro Elenco Matheus Collaço
Ano 1960
Duração 6 min.
Cor Preto e branco
País Brasil Local de Produção: RJ
Ilustração da velha canção popular do interior do Brasil, utilizando tipos e costumes das velhas fazendas em decadência.

Texto 2 A Velha a Fiar
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A Velha a Fiar é um curta-metragem brasileiro de 1964 dirigido por Humberto Mauro, com a música popular homônima cantada pelo Trio Irakitan.
 Uma joia do cinema brasileiro, esse curta-metragem chegou a ser considerado pelos críticos como um dos primeiros videoclipes do mundo. Humberto Mauro, ao não conseguir colocar uma mulher para fazer o papel da velha, colocou seu amigo Mateus Colaço para fazê-lo.
O curta começa com imagens bucólicas da vida rural: bois pastando, a moagem no pilão, os trabalhos do campo, os animais que farão parte da história.
De repente, surge a velha na roca a fiar, quando começa a canção-tema, cantada pelo Trio Irakitan, que apresenta os eventos na ordem que aparecem na canção.
 Comente com as crianças que não há uma história da música em si, por se tratar de uma velha canção popular, mas o vídeo que elas irão assistir é antigo e de grande importância.
Oralmente peça às crianças que justifiquem essa afirmação partindo do que está escrito no segundo texto.

Atividade 3 – Análise do curta metragem.
 Basta clicar no link “Assista” na barra lateral para ter acesso ao vídeo.
Depois que toda a turma assistir ao vídeo, peça às crianças que comentem.
Oriente a discussão para que reflitam sobre a tecnologia que foi utilizada na época, o quanto ela é diferente da atual, se a (s) ficha (s) que leram antes de ver o curta ajudaram na interpretação e compreensão do vídeo.
Depois de fazer esta reflexão coletiva, peça que, individualmente, façam uma pequena redação que contenha informações de todos os textos lidos sobre “A velha a fiar” lembre-os que o curta metragem também é uma forma de texto.
Boa aula!

Recursos Complementares
Você pode encontrar a versão de "A velha a fiar" em áudio no CD Murucututu, do grupo Palavra Cantada, produzido por: Eugênio Tadeu e Miguel Queiroz.

Avaliação
Professor (a) avalie como as crianças observam a apresentação de diferentes formas do texto, em vídeo e em música no caso de “A velha a fiar”.
Elas compreenderam que um mesmo texto pode ser apresentado de diferentes formas?
 Conseguem correlacionar e dar outros exemplos?
(como um livro ou história em quadrinhos que virou filme) E quanto às fichas técnicas: como foi feita a leitura e interpretação?
As crianças compreenderam que se tratava de um texto informativo sobre o filme?
Que observações foram feitas durante a leitura?
A criança conseguiu fazer correlações com coerência?
Toda essa avaliação é processual, ou seja, você poderá, por meio das perguntas sugeridas, verificar a aprendizagem ao longo do processo e realizar as intervenções que julgar importantes para o desenvolvimento das habilidades em questão.



 
Parlendas- brincar e aprender- A velha a fiar
Vejam aula completa aqui


Link para essa postagem


2 comentários:

  1. Olá, amei as ideias para o texto.. mas a historia que esta digitada ai contem alguns erros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo recado. Já consertei os erros

      Excluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios