BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sábado, março 02, 2013

O galinheiro do Bartolomeu > Estímulos literários > 02/03/13


Uma história para desenvolver a oralidade e a coordenação visomotora, além da organização temporal,envolvendo o estudante com a leitura e as ações lúdicas, tornando a leitura prazeirosa e favorecendo o desenvolvimento da cordenação motora.

O galinheiro do Bartolomeu
Christina Dias
Elma
O Galinheiro do Bartolomeu foi considerado o melhor livro de literatura infantil de 2006, ganhando o Prêmio Açoriano de Literatura Infantil, e conta a história de um menino que cria galinhas desde pequeno.
Suas galinhas sempre foram brancas e iguais, por isso nem nome elas tinham.
Até que um dia, Bartolomeu resolveu pintar o galinheiro com sua cor favorita.
Você nem imagina o que aconteceu.
Assunto: a elaboração dos afetos da criança pelo desenho e pela pintura. Interdisciplinaridade: Identidade e Autonomia, Corpo e Movimento, Ciências da Natureza, Estudos Sociais e Sociologia, Psicologia e Língua Portuguesa e Literatura.
Transversalidade: saúde emocional, ética, cidadania, mundo do trabalho, pluralidade cultural e meio ambiente.
Propostas: após um passeio pelo bairro e parques, levar a criança a desenhar tudo o que observou, usando variedade de materiais.
Indicações:
- Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental
Apreciação da obra
Bartolomeu criava galinhas. Certo dia, ao pintar o galinheiro, uma lata de tinta caiu sobre os ovos que estavam sendo chocados tingindo-os de azul. Os pintinhos nasceram azuis. A partir de então, Bartolomeu passou a pintar os ovos das mais variadas cores e decorá-los com pintinhas, listas e florzinhas. O galinheiro de Bartolomeu parecia um jardim de galinhas. Algum tempo depois, durante uma tempestade, o vento foi tão forte que carregou o telhado do galinheiro e as próprias galinhas, formando com elas um belo arco-íris no céu. É bem difícil contar uma história tão anárquica sem cair no vazio. A autora consegue equilibrar o nonsense de forma a não perder a coerência interna da narrativa. As crianças adoram esta história, principalmente se contada por um adulto. A idéia de galinhas coloridas voando no céu as faz rir. As bonitas ilustrações e o projeto gráfico bem cuidado, que inclui a letra de forma, ajudam a compor esta obra recomendada aos pequenos e àqueles que começam a ler sozinhos.
A história....
Bartolomeu cria galinhas desde muito pequeno.
Galinhas brancas e iguais. Tão iguais que nem nomes elas têm.
Bartolomeu também cuida do jardim e um dia escolheu sua cor favorita para pintar o galinheiro.
Enquanto estava pintando, tropeçou numa galinha, que bateu no poleiro, que caiu sobre o ninho, que bateu no balde que despejou tinta sobre os ovos que estavam por perto.
Mamãe galinha levou um susto, mas seguiu chocando seus ovos.
O tempo passou, o ovo rachou, o pintinho nasceu...
Azul. Um pintinho azulzinho. Bartolomeu gostou tanto, que usou várias cores para pintar o galinheiro e nas horas livres, pintava os ovos também.
Ao nascer, os pintinhos, tinham as cores dos ovos.
Ao ver as galinhazinhas assim, todas coloridas, Bartolomeu passou a chamá-las com nomes de flor.
Margarida era amarela e branca, rosa amarela, rosa vermelha e rosa, ora, rosa mesmo.
Quem via de longe, pensava que o galinheiro era um verdadeiro jardim.
Que penas eram pétalas.
Bartolomeu vivia feliz no seu jardim de galinhas. Mas um dia...
Estava anunciado um temporal e Bartolomeu fechou bem portas e janelas.
O vento começou lento e foi crescendo. Aproximando-se do galinheiro. Chegou tão perto e sacudiu tudo. Rompeu trancas, abriu portas e janelas. O telhado foi levado e num instante o céu ficou todo colorido. Com galinhas formando um arco-íris em movimento. Todo barulhento.
O vento passou e foi sacudir outros ares.
Quanto ao Bartolomeu, não ficou triste não, pegou tinta e pincel e saiu pintando o sete por esse mundão.
Ah, se você encontrar uma galinha colorida, pode ser que seja uma daquelas, revoada do jardim do Bartolomeu. Você viu? Não? Nem eu!
(História enviada por Roberto Isler)
O Galinheiro do Bartolomeu
Esse livro discute o quanto as diferenças nos tornam especiais.
As galinhas, que antes sem graça e sem cor, recebem um nome justamente por serem diferentes uma das outras.
PROPOSTAS
1.Cada criança escolhe um objeto sem graça e com uso limitado. Por exemplo: tampa de panelinha, cabeça de boneca,roda de carrinho, brinquedos quebrados e sem uso. Na sala de aula cada um pinta, cola papel, transforma o seu objeto e depois o nomeia. Os objetos devem ficar expostos para que pais e comunidade conheçam.
2.Cada criança deve pesquisar a história do seu nome com as famílias e em livros especializados, e depois compartilhar as descobertas com os colegas.
3.Cada criança escreve o seu nome num painel e o transforma em arte, pinta, desenha, enriquece a imagem.
4.As histórias juntamente com as imagens dos nomes darão origem a um livro coletivo que poderá circular entre as famílias para que registrem suas idéias sobre nomes e as crianças. No final do trabalho o livro será um inventário e um relatório de atividades e poderá compor o acervo da biblioteca.
5.Criação de uma maquete com o galinheiro e as galinhas coloridas.
6.Pintura de ovos de plástico ou com ovos cozidos.
7.Criação de um livro de receitas contendo alimentos que utilizem ovos.
8.Fazer uma oficina culinária e um momento de degustação com as famílias.
9.No final do livro Bartolomeu aprende a pintar todos os animais transformando o seu sítio num lugar muito especial. Cada criança escolhe um animal ou planta para transformar. Construir a paisagem nova com os trabalhos.
10.Visitei uma feira onde uma professora maravilhosa se vestiu de Bartolomeu e passou a tarde enfeitando as mãos das crianças com lápis aquarela. A gurizada se divertiu muito.
http://www.christinadias.com.br/?pg=397
OFICINA - O GALINHEIRO DO BARTOLOMEU
Oficina de Arte a partir do livro: O galinheiro do Bartolomeu, de Christina Dias.
Partindo do livro, e das imagens do artista visual Aldemir Martins, também criamos outras possibilidades de desenho, com imagens próprias, criativas e utilizando diversos materiais!
 
 
Vejam mais aqui:
http://mirabolandoarte.blogspot.com.br/2012/09/oficina-o-galinheiro-do-bartolomeu.html
Lemos a historinha do Galinheiro do Bartolomeu...
Confeccionamos nossas próprias galinhas e colocamos no galinheiro...


 
http://maternal2jardimdaalegria.blogspot.com.br/2011/11/o-galinheiro-do-bartolomeu.html
 
Um depoimento que gosto de publicar: A professora não tem disponível um exemplar da obra para cada aluno, então ela improvisa...
Esta é uma das finalidades do LINGUAGEM.
Trazer sugestões para as professoras de rede pública, principalmente.
TRABALHO DE ALUNOS SOBRE A OBRA DE CHRISTINA DIAS
Escola Municipal de Ensino Fundamental 25 de Julho
Professora Alice Zimmermann Schmitt (4ª série) – Picada Café – RS
Descrição do trabalho: "Nós somos alunos da 4ª Série da Escola Municipal de Ensino Fundamental 25 de Julho de Picada Café - RS.
Nós não adquirimos o seu livro, mas a Professora fez a técnica de mostrar e ler o livro para nós. Depois nos reunimos em duplas e tentamos reproduzir o livro "O Galinheiro do Bartolomeu".
Depois cada dupla leu o seu texto e em seguida a Professora leu todos os textos para nós.
Aí nossa surpresa.
Caso você queira, podes conferir o resultado que digitamos em nosso laboratorio."
O galinheiro de Bartolomeu
Era uma vez um menino chamava Bartolomeu que tinha um galinheiro.
Ele cuidava muito do galinheiro, até que um dia sua galinha azul sumiu.
Ele resolveu ir procurar seu galinha azul. Procurou, procurou, quando viu que sua galinha
Estava no topo de uma árvore, então ele subiu na árvore, pegou a galinha, levou ao galinheiro e viu que todas as galinhas saíram do galinheiro.
Alunos: Anderson Rodrigues Cabreira e Lucas de Freitas dos Santos
Vejam mais aqui:
http://www.christinadias.com.br/trabalhos/picadacafe.pdf
 
Música para Bartolomeu



Como pode um pintinho
não nascer amarelinho
Foi o que aconteceu, foi o que aconteceu
No galinheiro, no galinheiro
no galinheiro do Bartolomeu
Nasceram pintinhos marrons
azuis, de vários tons
Tantas cores, tantas cores
que alegraram os moradores
Cada pinto com nome de flor, cada pinto com nome de flor
girassol, carvo e rosa, violeta e jasmim
Transformaram, transformaram
o galinheiro em jardim
(melodia: Como pode um peixe vivo)





Link para essa postagem


Um comentário:

  1. Boa tarde querida Krika...como sempre vc nos brinda com sugestões maravilhosas e pq não dizer 'coloridas' kkk...Parabéns...A leitura é uma atividade essencial a ser estimulada e a pós leitura, com feitos dessa natureza...só pode trazer benefícios ao nosso educando.Grande bj...Neusinha

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios