BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sábado, setembro 15, 2012

Primavera>Violeta>Literatura>Poema>Conto>Produção criativa de textos> 15/09/12


Violeta
Marcia Cristina Silva
Ilustrações Salmo Dansa
Editora DCL


Em seu jardim de sonhos a autora Marcia Cristina Silva colheu Violeta.
Mas Violeta não queria ser protagonista de nenhuma história.
Menina ou flor, ela tinha vida própria - como uma flor queria viver ao sabor dos ventos; como menina queria encontrar seu amor, seguindo o caminho que seu coração mostrava.
Mesmo assim, a autora não desistiu; mas, de repente, Violeta entrou por uma letra e saiu antes do ponto final. E em meio às ilustrações primaveris de Salmo Dansa.



" Violeta vive fugindo de tudo que eu invento pra ela.
É só imaginar o início da história, e pronto:
começa a correr pelos pensamentos, escorrega pelas ideias
e se esconde atrás do arco-íris."

Texto by krika
Violeta é a personagem da autora.
Não sabemos se é uma menina,uma flor, um pássaro,uma nuvem....Lua ou sol....Primavera ou verão....
O que importa é que esta Violeta nos leva a fazer uma passeio imaginativo delicioso.
Entre chuva e sol, azul ou vermelho, sim e não, Violeta sai por aí aventurando-se. Já foi princesa. Mas não esperou o príncipe encantado chegar nem perto do castelo onde morava.
Do castelo foi escorregando nas areias de uma praia, partiu com um marinheiro desavisado e ainda deixou um recadinho:" Desculpe,não lanço âncoras na terra, só nas ondas do mar."

Perdeu-se numa  ilha, ganhou uma história nova com direito a casa, sofá de bolinha.
Nem ligou....Deixou a vizinha no portão falou sozinha. Disse ela que faltavam coisas na casa...
Violeta queria achar seu coração e assim partiu para outra história.
Desta vez foi à lua, viu a Terra lá de cima, comendo pipoca sentada na lua.
Porém resgumungou algo sobre não saber viver entre estrelas e lua..
" O Céu foi feito para se sonhar, não para se viver. Que graça tem viver dentro de um sonho e não ter com quem sonhar?"
...Surgiu ela de um foguete, gritando por socorro,pedindo asas pra chegar em seu coração.
Violeta era sim uma criatura apaixonada,não acham?
Ela poderia se aquietar como uma flor, afinal nome de flor já tinha...
Que nada! Estava ela entre margaridas e girassóis, e foi murchando até sumir dali como semente.
De repente brota como feijão, pensou a autora.
Violeta dormiu ali,na nuvem fofa, cresceu, deu cachos violetas. Era tão linda que chamava a atenção de todos que passavam.
Ficou conhecida como uma linda moça cor de violeta que tinha os pés plantados na nuvem e sonhava em achar seu coração.
Poderia parecer como Rapunzel, pois chegaram ali alguns príncipes,que subiam pelos seus cachos.
Imaginem....Ela tratou de cortar seus cachos rapidinho, arrancou seus pés da nuvem e se atirou noutra história.
Parece que esta persongem não fica satisfeita com nenhuma imaginação literária!

" Não sou conto
Sou apenas canto.
Página em branco, sem tema
Meu coração é poema."

Violeta entendeu finalmente que não era  de nenhuma história específica.
Ela era mais. Aliás, ela poderia ser qualquer criatura poética. Mesmo se chamando Violeta, poderia se transformar em outra cor, ir em todas as direções ao sabor do vento, ou da chuva...
Basta você,leitor, levá-la onde quiser!
Que tal criar sua própia aventura com Violeta a bordo de sua história?
Transforme-a numa canção,poema de primavera ou um algodão doce caramelado!
http://books.google.com.br/books/about/Violeta.html?id=2JpcnwjPMBkC&redir_esc=y

Violeta pode ser um belo beija flor ou uma singela flor.
Porém tudo  é  poesia...
Assim como a personagem do livro.


VIOLETAS

Como pode uma flor tão pequena,
Causar tanta admiração?
Violeta é o nome dela no mundo das falenas,
Suas variadas cores causam muita emoção.
Dizer a cor que mais admiro,
Seria injusto eu ter uma preferida.
Por todas as Violetas eu suspiro
E são tantas que vou suspirar por toda vida.
Os jardineiros lhes cantam loas pela beleza.
Os apaixonados lhes fazem culto em nome do amor.
Os poetas reconhecem e exaltam sua beleza.
Beleza, culto, amor, e, é somente uma flor!
Se eu voltar em outra oportunidade ter vida,
Faço questão de ser uma bela Violeta.
Serei feliz se minha vontade for concedida
E tu mulher, és da flor a imagem perfeita!



 
A violeta e o beija- flor
Todos os dias, o beija-flor sai à procura de sua flor predileta, a violeta.
Com suas asas cintilantes, o beija- flor movimenta-se emocionado para beijar sua amada.
A violeta, de pétalas tenras, aguarda emocionada a chegada de seu amado.
Guarda para ele o mais sublime perfume, o mais saboroso néctar.
Aquela paixão já durava semanas, desde o desabrochar da primeira pétala, desde o exalar do perfume adocicado.
Um belo dia, o beija- flor se depara com sua amada toda amarrotada, suas pétalas já não têm o mesmo vigor.
Pobre beija-flor voa desesperado como que querendo acordar sua bela violeta.
A primavera chega ao fim e o amor do beija-flor e da violeta também.
Os outros pássaros e as outras flores observam angustiados, o fim daquele romance de primavera.
2) Escreva as atitudes dos personagens quando :
a) O beija-flor encontra sua amada:
b) A violeta esperava o seu amado:
c) O beija-for encontra sua amada murcha
_ É sempre assim! _ diz a margarida toda chorosa_ Este romance é impossível.
Como poderá o beija-flor ter filhos violetas e a violeta ter filhos beija- flores?
Nosso enamorado beija-flor desiste.
Sua amada adormeceu e só despertará na próxima primavera.
Ele voa para bem longe, à procura das flores da laranjeira. Mas no seu coração só há lugar para a bela violeta.
O apaixonado beija-flor retornará assim que o ano passar, na próxima estação primaveril.
1)Responda:
a) Personagens do texto:
b) Local onde se passa a história:
c) Quando acontece o romance:

Leitura informativa
As violetas são muito admiradas por sua delicadeza e bastante oferecidas como um singelo presente. Há relatos de que surgiram na Europa e na Tanzânia.
As mais exóticas são as chamadas violetas-africanas.
Na família das violetas podem se encontrar mais de 6.000 espécies com características semelhantes de crescimento e brotamento, mas com cores e formatos distintos.
São flores fáceis de cuidar e enfeitam muito bem os ambientes.
 São associadas aos sentimentos de amor, humildade e inocência, por isso sendo usadas como plantas funerárias.
São citadas em mitologia grega representando o amor entre Zeus e uma linda sacerdotisa.
Nos banquetes, gregos e romanos usavam violetas em suas grinaldas para aliviar as ressacas.
Os romanos faziam vinhos de violetas, e egípcios e turcos gostavam de sorvete de violetas.
Faziam parte de rituais dos druídas, usadas em poções do amor por possuírem aroma afrodisíaco.
A medicina homeopática utiliza as propriedades da violeta para tratamento de sinusite, dores de ouvido, tosse, rouquidão, reumatismo e doenças da pele, como a psoríase por exemplo.
Tem também fonte anti-sudorífera, diurética e antiinflamatória e também cura dores de cabeça.
As flores são usadas para fabricar perfume, talco, sabonete e desodorante.
A verdadeira violeta (que não é aquela vendida em floricultura) é usada também em pratos de salada ou cristalizada para decorar bolos e sorvetes.
As pétalas têm sabor adocicado e servem para decorar pratos.
 Existem receitas de doces, bolos, manteigas, geléias chás e xaropes de violeta.
Em alguns lugares é possível até encontrar chocolates finos confeitados com essa flor.
Outro uso bastante inusitado dessa flor é dentro de cubos de gelo, ficam requintadas e bonitas para a decoração de ambientes.
http://www.ancorador.com.br/casa-familia/jardinagem/violetas-cuidados-curiosidades-sobre-violetas

A Violeta   "
Em uma casa muito grande, cercada de imenso jardim colorido, onde o clima permite que as flores
 se abram durante todo o ano, tem-se a impressão de uma orquestra executando a canção da Primavera.
Desse jardim maravilhoso é o encanto dos felizes moradores da casa, principalmente das crianças, que fazem dele um parque de diversões; brincam, correm, jogam bola no gramado, andam de bicicleta e carrinho
Contudo , não são apenas esses os moradores do grande jardim.
Há também as flores, os insetos, que trabalham e brincam em silêncio, porque só entre eles se entendem.
Porem eles falam e vivem como nós. Vamos entrar no jardim e ficar bem escondidos para não assusta-los e, assim poderemos ouvir o que dizem e ver o que fazem.
Estamos no fim da tarde, num dos caminhos do jardim.
O sol já se vai escondendo de mansinho, enquanto as flores e as árvores se preparam para receber a noite e o repouso.
Bandos de andorinhas voam em direção aos seus ninhos.
Os pássaros se abrigam nos galhos das árvores.
Tudo parece em movimento. Somente as crianças continuam brincando sem perceber o que se passa no jardim, quando a rosa vermelha diz :Ah! Que linda tarde! Não é mesmo queridas amigas?
Realmente! Responderam as flores vizinhas. –Vamos Ter uma noite linda.
A rosa vermelha suspira: "Que pena! a noite vem me obrigar a dormir Gosto tanto da luz do dia, porque ela faz com que todos me admirem!"
Minha prima você é sem duvida mito bonita, mas isso não é motivo para tanta vaidade, falou a rosa branca.
"Ora , rosa branca , você então não sabe que nós as rosa vermelhas , somos as flores mais procuradas e admiradas Somos nós que enfeitamos as casas ! E é o nosso perfume o mais gostoso!" – Todas as outras flores desaparecem diante de nossa beleza.
Protesto, exclama uma linda Orquidia, eu não sou isso que você disse.
Apenas me utilizo das plantas maiores para ficar mais alta e poder receber a luz do sol.
Não prejudico a ninguém. –Não seja vaidosa prima! Fala a rosa branca, lembre-se que Deus nos criou de acordo com sua sabedoria e não devemos brigar por causa disso. Somos todas irmãs e todos gostam de nós.
Rosa branca tem razão diz o grande cravo amarelo!
Devemos viver em harmonia! Vejam a violeta por exemplo! È a flor que há em maior quantidade neste jardim e, entretanto a ninguém incomoda, todos a respeitam e estimam porque nunca se vangloriou apesar de ser muito apreciada.
"Oh! O senhor está defendendo essa florzinha insignificante que vive ai metida nessas folhas e sem mostrar-nos suas pétalas tão pequenas, Imaginem quem há de gostar de uma flor roxa?"
Senhora Rosa Vermelha ,por favor! Exclamou o Cravo Amarelo, se defendo a violeta é porque a estimo, garanto que todos fariam isso.
"Sim ,sim dizem todas , nós também a defenderemos."
"Obrigada, amigas, obrigada" - agradece a violeta comovida.
Olhem só! Diz a Rosa Vermelha, essa violetazinha que vive escondida pare que ninguém veja sua feiura, quer se fazer agora de boazinha. Enquanto o nosso perfume e beleza se espalham pelos ares, a violetazinha sem perfume nem sequer se mostra, é mesmo sem graça!
"Engana-se minha cara!" - fala a Rosa Branca. Violeta tem um perfume muito mais delicado que o nosso, e é muito bela, apesar de pequenina . É a flor que demostra maior sentimento, mais sinceridade quando é dada a alguém, porque é simples e humilde.
"Ora, como ousas falar-me assim!"
Nisso, a Rosa Vermelha interrompe-se e todos se calam porque duas crianças se aproximam,
Oh! Que bela Rosa Vermelha ! Exclama uma delas, e estende o braço para segurá-la.
Logo porem o tira , com um grito de dor. –Tão linda e tão má, maninho , machucou-me o dedo! Mostrando o dedinho picado e saindo sangue.
As Rosas são assim mesmo maninha, diz o menino. Eu prefiro as violetas. Veja quantas!
Estas são lindas e não machucam ninguém. E colhendo um raminho de florzinhas, deu-as a irmã, e os dois afastaram-se sorrindo
Viu minha prima? Fala a Rosa Branca.- A Humildade da violeta a fez mais apreciada.
Rosa Vermelha reconheceu seu erro e desculpou-se com as amigas que sorriram, compreendendo que todos nós temos rosas e violetas no coração.
http://www.techs.com.br/meimei/historias/historia17.htm



Link para essa postagem


Um comentário:

  1. KRIKA QUERIDA...Tudo maravilhosamente lindo e com perfume de violetas...Parabéns...sempre...
    Grande bj Neusinha

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios