BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sábado, janeiro 19, 2013

Gato que pulava em sapato > Estímulos felinos e literários > 19/01/13


Gato que pulava em sapato
Fernanda Lopes de Almeida
Editora Àtica

"Mimi era um gatinho muito querido.
 Dormia numa linda cesta.
 Tinha uma coleção de laços coloridos.
Tomava leite num pires cor-de-rosa.(...)
(...) A dona só fazia um pedido:
- Não suba no telhado, Mimi."

Gato que pulava em sapato

Vale a pena superproteger quem a gente ama?
A dona do gatinho Mimi descobriu que a maior
 alegria que se pode dar é a liberdade.


Mimi era um gatinho muito querido.
Dormia numa linda cesta.Tinha uma coleção de laços coloridos.
Tomava leite num pires cor-de-rosa.
Tinha até amigos: os filhotes da gata da vizinha.
Que bagunça eles faziam.Mas a dona não ralhava.Achava graça.
A dona só fazia um pedido:
 ___Não suba no telhado, Mimi.
Que pena! Subir no telhado era a coisa que Mimi mais adorava.
 ___Já pensou você num telhado?
Vai desmanchar o seu laço, vai sujar você. Deus me livre o meu gato todo desarrumado!
Mimi gostava de ser um gato elegante.
Então resolvia pular dentro de casa, mesmo.
 ____Vou fingir que esses sapatos são telhados bem altos!
Mas não adiantava.Sapato não é nada parecido com telhado.
Mimi ficava muito zangado: ___Que droga!E depos muito triste:
___Que vida!A dona explicava:
___Subir no telhado é muito perigoso, Mimi.
 ___Por quê?
___Perigos que um gato tão criança não entende.
 Às vezes Mimi não aguentava.
Quando pegava a dona distraída, fugiapara subir no telhado.
Subia muito desajeitado porque não tinha prática.
A dona logo descobria. E gritava, aflita:
___ Volte para casa, Mimi.Mimi voltava, muito sem graça.
A dona resolvia explicar:
___Um dia você cai e quebra a perna, Mimi.
É esse o perigo!Mimi ficava com medo.
 E passava quase dois meses sem fugir.
Mas a saudade do telhado é uma coisa terrível!
Mimi não aguentava e fugia de novo.
Uma tarde, estava chovendo.
O telhado estava todo molhado.
Mimi escorregou e caiu lá de cima:
 ____Socorro!Os vizinhos correram:
Será que Mimi morreu?
A dona acudiu, desesperada:
___Que desgraça!
Como poderei viver sem o meu amado gato?
Mimi não morreu. Só quebrouA perninha. ( Tal e qual como a dona tinha avisado.)
Veio o doutor de bichos.
 ___Ele vai ficar bom, doutor?
 ___Fica. Pode deixar que eu cuido dele.
E cuidou, muito bem.Algumas semanas depois, Mimi estava curado.
Foi uma alegria!
 ____Agora você nunca mais vai subir no telhado.
Não é, querido? Aprendeu a lição?
 ___Aprendi, sim.
Aprendi que não sou um verdadeiro gato. ___
O quê?! ___
Onde já se viu, gato que sobe em em telhado de dois em dois meses
.E , assim mesmo, fugido!
 Foi por isso que eu cai. ___Mimi!
Que ideias são essas?!!
! ___Agora vou subir todos os dias.
Preciso praticar. ___Meu Deus!
E Mimi passou a fazer treinamento de telhado, todas as manhãs.
Os gatinhos da vizinha olhavam, espantados:
 ___Eu queria ter a coragem da Mimi!
No príncipio, Mimi fazia muitos erros.
Mas explicava aos gatinhos :
 ____Gato que não sobe em telhado não é gato.
As coisa que Mimi usava foram guardadas num armário.
Aquilo já não servia para ele.
A dona apertava as mãos, de susto:
 ____Mimi, querido!
Que perigos você está correndo
!Mas Mimi a acalmava:
 ___Pode confiar em mim.Sei o que estpou fazendo.
Com o tempo a dona se habituou.
Começou até gostar. Mimi foi ficando treinadíssimo.
Começou a dar lições de telhado aos gatinhos da vizinha.
Eles eram muito bons alunos!
Aos poucos Mimi foi indo mais longe de casa.
Nessas horas, ele deixava os alunos.
Eles ainda não estavam preparados.
Na volta, contava aos gatinhos:
 ___Vocês não imaginavam quantos telhados existem nesta vida!
A dona estava muito orgulhosa.Já não tinha medo nenhum
.Gostava de ir para janela e mostrar às amigas:
___Aquele é o meu gato.
É um ótimo subidor de telhados.
Pode até chover que ele não cai.

Atividades pedagógicas
1ª ETAPA: Atividade introdutória à recepção do texto
O professor, na véspera da leitura do livro, pede aos alunos que selecionem gravuras ou fotos de animais.
No dia seguinte, chama uma criança de cada vez para apresentar a ilustração selecionada e falar alguma coisa sobre o animal aí representado.
Nesse momento, o professor poderá orientar os alunos, fazendo perguntas como por exemplo: Qual o nome deste animal?
 Como ele é?
 Ele é coberto de penas, de pêlos ou de escamas?
É doméstico ou selvagem?
Qual seu modo de vida, seus hábitos, sua alimentação?
Após essa preparação, o professor diz que trouxe uma narrativa que tem como personagem um animal de estimação. Apresenta, então o livro, lê seu título e escreve-o no quadro.
A partir daí, propõe questões instigadoras para aguçar a curiosidade do aluno, a respeito da história.
· Como será o gato da história?
Terá dono?
Gato pula em sapato?
Por que será que este gato pulava em sapato?
Será que esses pulos incomodavam as pessoas?
O professor registra as respostas no quadro verde e, após a conclusão da leitura, compara o enredo e o desenlace com as pressuposições dos alunos.
2ª ETAPA: Leitura compreensiva e interpretativa do textoO professor faz a leitura de modo claro, pausado e, à medida em que folheia o livro, mostra suas ilustrações.
Para manter a atenção dos alunos, o professor faz perguntas sobre a gravura da página onde se encontra.
Por exemplo, na página 8: por que o gato está triste?
O que você acha que ele deseja para ficar alegre?
Para que as crianças cheguem à conclusão de que o texto valoriza a emancipação, o professor, após a leitura integral do texto, apresenta as seguintes perguntas/propostas:
· Como era a vida de Mimi no início da história?
O professor deve estar preparado para provocar posicionamentos distintos e para receber vários tipos de respostas.
· Como devem ser tratados os bichos de estimação?
· O que você pensa sobre o hábito de se perfumarem animais, de se colocarem roupas e enfeites neles (coleira, pulseiras, laços de fita...
· Analise as ilustrações das páginas 18 e 19:
· O que se observa em relação ao tamanho do gato e da mulher?
· Por que o gato, no início, aparece na parte de baixo da página, perto dos pés da mulher?
· Qual a posição do gato no final da história?
 Aqui, o professor deve mostrar novamente as ilustrações.
Se as crianças não perceberem a significação dada pela espacialidade, ele deve chamar a atenção para a posição do gato sempre “por baixo” no início do texto e, no alto, na ilustração da última página.
A mudança de posição simboliza o crescimento, a liberdade do gato e o tratamento diferenciado que sua dona passa a lhe dar.
· A seguir, o Professor ajuda os alunos a identificarem o posicionamento crítico do texto, através de perguntas:
· No início, o gato só pulava em sapato. O nde costumam ser guardados os sapatos?
· Por que o gato só pulava em sapatos?
· No final, ele pula em telhados. Por que nesse momento ele prefere os telhados?
· Observem a dona do gato na última ilustração. Como ela parece estar? Por quê?
· A dona tinha razão de dizer para o gato que era perigoso subir em telhados? Por quê?
· Afinal, a dona tratava Mimi como um gato que ele era ou como uma criança?
Livro e atividades prontas para imprimir
Atividade:  Pais e filhos :
Após leitura :  Gato que pulava em sapato
 O livro reflete sobre o relacionamento dos pais e filhos, sobre a questão de permitir ou não, que os filhos tomem algumas decisões sozinhos.
Para os pais o objetivo é refletir sobre a complexa tarefa de educar os filhos, já o objetivo dos alunos é compreender que as atitudes dos pais são para protegê-los.
O desenvolvimento ocorreu quando os alunos levaram para casa para ler com os pais o livro.
Gato que pulava em sapato.
 Posteriormente, foi feito um debate e os alunos levaram para casa uma interpretação de texto referente ao livro, outra interpretação sobre eles e uma pra os pais.
Juntamente foi entregue um desenho de um gatinho, um sapato e uma casa.
 Os pais deveriam colocar o gato no sapato ou no telhado de acordo com a sua forma de educar os filhos. O resultado foi exposto em sala e comentado por todos.





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios