BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, setembro 23, 2012

Panela de arroz>Literatura>Instrucional>Artes> 23/09/12


Plano de aula - Leitura em Construção
Conteúdo: Prática de Leitura
Panela de Arroz, de Luís Camargo
Livro
Editora Àtica
Atividade criada por Luciana Ramalho Santana e Ana R.Oliveira

Levar as crianças à cozinha para investigação do local.
Na cozinha, distribuir vários utensílios domésticos sobre a mesa e pedir às crianças que montem o que quiserem com aquelas coisas.
È importante aqui o professor deixar as crianças livres para suas criações, pedindo apenas para que observem como podemos variar de construção, utilizando os mesmos recursos materiais.
Depois que as crianças fizerem suas montagens, a professora apresenta o livro Maneco Caneco Chapéu de Funil - não se esquecendo de dizer o nome do autor -, dizendo que agora irão descobrir outra maneira de utilizar aqueles utensílios da cozinha.
A professora lê a história, chamando a atenção para a maneira como o personagem foi construído, mostrando às crianças as ilustrações contidas no livro.
Lembre-se: as crianças desta faixa etária (5 anos) possuem a necessidade de envolver-se com o concreto das situações.
Após uma conversa sobre as diferentes montagens com os mesmo utensílios de cozinha, a professora pode desafiar a imaginação das crianças, solicitando a elas que construam um boneco, até mesmo dar-lhe um nome.
Com esta construção, os alunos podem relacionar essa vivência particular e o personagem descrito pela história.


2º momento
Depois da leitura de Maneco Caneco Chapéu de Funil, a professora fará uma preparação para se ler a segunda história de Luís Camargo: Panela de Arroz.
Professora e crianças formam uma roda.
No centro, uma panela "normal" e junto vários recortes de janelas e portas.
Neste momento, pergunta-se às crianças:
Para que serve esta panela?
Supondo que elas respondam que é para colocar comida:
Que tipo de comida?
Combinar com as crianças que a panela no centro da roda será desta ou daquela comida que eles falaram. Por exemplo, a panela poderá ser do feijão ou do macarrão - enfim, o que as crianças escolherem.
Feito este combinado, perguntar às crianças sobre o que se pode fazer com aqueles recortes de portas e janelas. Aqui a professora deve favorecer a discussão para que os próprios alunos concluam que os recortes podem ser colados na panela.
Se as crianças não sugerirem, a professora sugere, deixando livre para as crianças concordarem ou não com essa atividade.
Depois de colarmos estas portas e janelas, a nossa panela ficou parecida com quê?
Supondo que respondam "com uma casa":
Se a panela ficou parecida com uma casa, e nós combinamos que é uma panela de (*nome do alimento escolhido por eles), de quem poderá ser a casa?
Então, a professora avisa que todos irão conhecer um livro que nos lembra a panela, ou melhor, a casa que construímos com a panela.


3º momento
Mostrar a capa do livro, fazendo as seguintes perguntas:
O que estamos vendo nesta capa?
Supondo que logo as crianças identifiquem a panela:
Será que ela também é uma casa como a nossa?
Qual o número que está na porta?
O que aparece bem perto da casa?
Supondo que respondam "um arroz":
Então de quem pode ser esta casa?
Pra onde o arroz está caminhando?
O que ele está usando? (Na cabeça)
O que será que ele vai fazer lá dentro com aquele chapéu?
Com estas perguntas, as crianças poderão antecipar a leitura de passagens importantes do texto, imaginando o que vai acontecer na história do livro. A partir dessas antecipações, chamar a atenção para o que vem escrito na capa:
Onde está o título do livro?
O professor então lê o título.
Quem será que escreveu?
Este autor já escreveu outro livro que nós já conhecemos?
Se alguma criança se recordar do Maneco Caneco Chapéu de Funil, neste momento, dizer que o mesmo autor que escreveu e ilustrou este livro.
Onde está escrito o nome do autor?
Com estas atividades, as crianças também lembram do primeiro livro e começam a perceber semelhanças entre os dois textos, quer na ilustração, quer no estilo do texto (o jeito de escrever do Luís Camargo).


4º momento
Permanecendo na roda, ler a história, mostrando as ilustrações.
Com esta leitura as crianças interagem com o livro e percebem o ar de brincadeira que está na história.
No momento em que Maneco Caneco não consegue abrir a primeira porta, a professora pode aproximar cada vez mais o livro dos olhos das crianças para valorizar a ilustração, que vai aumentando seu foco a cada tentativa do personagem.
Quando chegar o momento da parlenda "UM, DOIS...", deixar que as crianças a completem e, diante das adivinhas, dar um tempo (breve) para que as crianças tentem adivinhar qual é a resposta.
No final dessa leitura compartilhada, perguntar às crianças (apontando para os números 1 2 que há na porta da panela, na última ilustração), o que elas acham que Maneco Caneco saiu cantando? Se elas cantarem juntos "um, dois, feijão com arroz", prosseguir a parlenda, caminhando pela sala e sentando em seus lugares.


5º momento
Em outra aula,a professora reúne os alunos e diz a eles que irão recontar a história Panela de Arroz, com apoio nos desenhos.
A professora vai mostrando as ilustrações e perguntando aos alunos o que acontece em cada cena, de maneira que eles relatem a história através destas imagens.
Nesta atividade, a professora deve ficar atenta e apontar as onomatopéias, fazendo perguntas do tipo:
O que está escrito nestes desenhos?
O que são toc-toc, blim-blem?
Dessa maneira, o aluno poderá notar que existe alguma relação entre o som e a representação gráfica, e como essa representação pode enriquecer as cenas/imagens.     http://aartedeensinarblog.blogspot.com.br/search/label/Plano%20de%20aula%20com%20Livros    

Atividades variadas sobre esta obra e outras do mesmo autor

Os livros contam estórias sobre o personagem "Maneco Caneco".
Na realidade, a coleção contém quatro livros.
O primeiro mostra como surgiu o personagem.
Para contar a primeira estória, a professora Márcia, que trabalha comigo, montou o boneco do Maneco.
 As crianças nem piscaram para não perder nenhum momento.
Nos demais livros, encontram-se as aventuras que o Maneco viveu.
Os temas abordados estão relacionados à alimentos muito conhecidos: café, arroz e feijão.
Os outros títulos são: "Bule de café" e "Folia de feijão". Ambos de Luís Camargo.








Aula instrucional
 No livro Panela de Arroz, Maneco Caneco ensina a fazer arroz.
Bem... você, brincando, aprendeu a receita de fazer arroz:
Ingredientes Modo de fazer
1. Arroz
2. Alho
3. Cebola
4. Óleo de cozinha
5. Sal
6. Água
1. Lavar o arroz
2. Fritar o arroz no óleo
3. Temperar com sal, cebola e alho
4. Cozinhar na água fervendo
Agora... você será o escritor!... o “inventor”!
Que tal começar um livro de receitas em conjunto com seus amigos ou colegas de turma?
Cada um colabora com uma receita, usando uma ficha dividida em Ingredientes (os alimentos usados na receita) e em Modo de fazer (as etapas que se deve seguir até a receita ficar pronta).
Ah! Não se esqueça de ilustrar a sua ficha!


“Maneco Caneco Chapéu de Funil foi andando e encontrou uma casa com form de panela. Era a casa do arroz.”
[...]
A porta estava fechada, ele bateu palmas mas ninguém atendeu! E a pota só se abriu quando a porta disse:
[...]
“Um, dois!
Maneco Caneco respondeu:
- Feijão com arroz!”
[...]
Depois que entrou na casa, Maneco Caneco encontrou várias portas que só se abriam depois que ele respondia a uma advinhação, como por exemplo:
[...]
“- O que é, o que é: tem dente, mas não morde?
Maneco Caneco respondeu:
- Alho!”
[...]
E, desse modo, ele foi pegando os ingredientes para fazer o arroz: alho, cebola, óleo, água e sal.
Então... depois da última porta, não tinha mais nenhuma porta e... apareceu o arroz!
[...]
“O arroz olhou no relogio: - Tá na hora de tomar banho!
O arroz se enfiou numa bacia, debaixo da torneira, e tomou banho”.
[...]
A cada vez que o arroz olhava o relógio, estava na hora de “fritar no óleo”, na hora de “temperar com sal, cebola e alho” e na hora de “cozinhar na água fervendo”.
[...]
“- Estou pronto! – disse o arroz.
E pulou no prato.
Maneco Caneco comeu o arroz e foi embora cantando.”




    A partir dos livros: Maneco Caneco Chapéu de Funil, Panela de Arroz e Bule de Café, damos algumas sugestões para se trabalhar em sala de aula:
1. Como montar mais “Manecos”?
Construir mais bonecos, usando objetos da vida cotidiana dos alunos.
Descrever a utilidade dos objetos envolvidos, fazendo uma análise, baseada numa prática pedagógica vivenciada com crianças em início de escolaridade.
2. Usar os aspectos lúdicos e animistas das histórias de Luís Camargo que recuperam elementos das raízes culturais brasileiras por meio de uma linguagem carregada de significado para a infância. Explorar os “sons que viram palavras”, tipo: “Café com pão, café com pão” (barulho do trem andando), “Mpa! Prequete!” (barulhos do arroz cozinhando), “Clop! Poglop! Roc” (barulho dos personagens correndo ou andando), etc.
3. Criar um livro de receitas.
4. Inventar advinhações (O que é, o que é?).
5. Perquisar o plantio de alimentos, seguindo todas as fases desde o “semear” até o “colher” e “comer”.
Você pode fazer o download dos livros, como por exemplo, em http://www.pdfli.com/48935/maneco-caneco/

Atividade 01: leitura
Objetivos: desenvolver a linguagem visual e oral, o conhecimento de mundo e o senso crítico.
Estratégias: leitura individual e coletiva, debate de ideias, roda da conversa.
Atividade 02: jogo das adivinhações
Objetivos: divertir, provocar curiosidade e desenvolver raciocínio lógico.
Estratégia: propor perguntas (adivinhações) para estimular a curiosidade das crianças.
Atividade 03: parlendas
Objetivos: vivenciar a cultura popular, incentivando o desenvolvimento da habilidade de leitura e escrita.
Estratégia: apresentar diferentes parlendas. Pedir às crianças que escolham e decorem; num cartaz; a preferida. Por fim, apresentar para as outras salas.
Atividade 04: bingo de letras
Objetivo: desenvolver o raciocínio, a concentração e a memorização.
Estratégia: distribuir cartelas com algumas letras. Sortear as letras e pedir para as crianças procurarem a letra correspondente.





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios