BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

terça-feira, novembro 06, 2012

O feitiço do sapo>Os feitiços do sapo Nino>Estímulos literários> 06/11/12


O feitiço do sapo
 Eva Furnari
Zóio tem a rara mania de praticar boas ações.
E decidiu ajudar a bela Carmela a encontrar um príncipe.
Arranjou um sapo bem verde.
Mas será que todo sapo vira príncipe?


O Feitiço do Sapo
Eva Furnari
Todo lugar sempre tem um doido. Piririca da Serra tem Zóio.
 Ele é um sujeito cheio de idéias, fica horas falando e anda pra cima e pra baixo, numa bicicleta pra lá de doida, que só falta voar.
O povo da cidade conta mais de mil casos de Zóio, e acha que tudo acontece, coitado, por causa da sua sincera mania de fazer “boas ações”.
Outro dia, Zóio estava passando em frente à casa de Carmela, quando a ouviu cantar uma bela e triste canção.
Zóio parou e pensou: que pena, uma moça tão bonita, de voz tão doce, ficar assim triste e sem apetite de tanto esperar um príncipe encantado. Isto não era justo.
Achou que poderia ajudar Carmela a realizar seu sonho e tinha certeza de que justamente ele era a pessoa certa para isso. Zóio se pôs a imaginar como iria achar um príncipe para Carmela. Pensou muito para encontrar uma solução e finalmente teve uma grande idéia de jerico: foi até a beira do rio, pegou um sapo verde e colocou-o numa caixa bem na porta da casa dela.
Atividades
A intenção de Zóio ao colocar um sapo na porta da casa de Carmela foi:
(A) ajudá-la a encontrar um príncipe encantado.
(B) ajudá-la a cantar com voz mais doce ainda.
(C) Encontrar alguém para cuidar do sapo que vivia no rio.
(D) Fazer uma surpresa, dando-lhe um sapo de presente.
Esse texto serve para:
(A) Dar uma notícia.
(B) Deixar um recado.
(C) Fazer um convite.
(D) Vender um produto
   (HABILIDADE – Inferir uma informação implícita em um texto.)
Leia :
O Feitiço do sapo
Responda:
Colocar um sapo na porta da casa de Carmela foi uma idéia de jerico, porque essa idéia é
A. ? perigosa
B. ? secreta.
C. ? absurda.
D. ? maldosa
                 
 Você sabia?
Sapo Que Vira Príncipe


Em alguns contos de fadas , existem sapos que viram príncipes .
Estas histórias são resultados de contos que surgiram na Idade Média pela superstição que este animal carregava .
Algumas lendas dizem que as bruxas daquela época tinham o poder de transformar príncipes em sapos e só o beijo de uma princesa , neste animal , poderia desfazer o feitiço .
Naquela época havia uma tradição que acreditava que os reis e príncipes representavam o poder divino , ou seja , o poder de Deus e que por isto existiam bruxas diabólicas preocupadas em acabar com eles e por isto estas feiticeiras desenvolveram feitiços capazes de transformarem os príncipes em sapos .


Batráquios Cantores
Alguns sapos têm vozes tão misteriosas , que alguns são capazes de imitar barulhos de instrumentos musicais e vozes de cantores de óperas .
Existe uma lenda muito interessante sobre isto :
Há centenas de anos atrás , os batráquios não sabiam cantar .
Um certo dia , um grupo teatral formado por cantores , músicos e atores veio se apresentar numa misteriosa vila , onde morava a bruxa Márcia , que odiava quando falavam mal de feiticeiros e bruxas .
Naquele dia , este grupo de artistas apresentou uma peça que desmoralizava bruxas e feiticeiros . Márcia assistiu a tudo e planejou uma vingança contra aqueles artistas .
Á noite , ela mandou comida para o acampamento dos atores , músicos e cantores da peça . Porém , naqueles alimentos havia um feitiço que transformou todos os artistas em batráquios .
Porém , as suas vozes talentosas continuavam nestes bichos .
Por isto , até hoje existem batráquios com belíssimas vozes .
E você , leitor conhece alguma lenda sobre batráquios ?
Luciana do Rocio Mallon

Análise da obra

Percebe-se uma grande marca de intertextualidade com os contos tradicionais, pelo resgate que essa obra faz da história do sapo que vira príncipe, bem como explora motivos da imaginação popular como o mago de chapéu encantado e a bruxa malvada.
Dessas características, alguns traços são preservados e outros parafraseados.
Como se sabe, os contos de fadas surgiram a partir de narrativas primitivas, contadas oralmente de geração em geração.
Normalmente, os contos de fadas começam com marcas indefinidas de tempo e espaço: “antigamente”, “era uma vez”, "em terras e reinos distantes", mas este não é o caso de "O Feitiço do Sapo", que assim se inicia: “Todo lugar sempre tem um doido. Piririca da Serra tem Zóio”.
Concomitante, a autora promove a aproximação do leitor com um local que sabemos não mais pertencer aos contos tradicionais. Eva Furnari talvez aponte para um lugar mais real do que o imaginado, ao escolher um nome com jeito de cidade brasileira: Piririca da Serra.
O elemento verossímil é justamente “da Serra”, pois existem cidades como Itapecerica da Serra, Natividade da Serra, entre outras. Já o elemento inverossímil , Piririca, faz alusão a algo divertido, sapeca, engraçado.
O nome Piririca da Serra pode evocar a uma cidade onde ocorrem episódios divertidos e vivem, perfeitamente em harmonia, um cientista maluco e uma bruxa. Também em oposição aos contos tradicionais, em que a narrativa ocorre em lugares jamais detalhados com precisão, temos até mesmo um mapa da cidade, nas primeiras páginas do livro que leva o leitor a conhecer, antecipadamente, as casas das personagens.


feitico-sapo-nino.jpg
OS FEITIÇOS DO SAPO NINO
Autor(es): Maurício Veneza
Ilustrador(es): Maurício Veneza
COLEÇÃO BRUXA RISOLETA
Inconformado com a sua condição de sapo, o príncipe nino tenta fazer de tudo para voltar à sua condição humana.
 Depois de muitos esforços, torna-se o herdeiro do trono da Monarcônia, mas está com 280 anos.
A bruxa Risoleta diminui a sua idade, mas erra a dose e o príncipe vira bebê (essa história se lê no livro O bebê da bruxa Risoleta).
ATIVIDADES SUGERIDAS
-Conversar sobre os "amigos e companheiros" das bruxas das histórias.
- Observar com os alunos as letras capitulares do livro (letras que abrem capítulos). Elas vêm em destaque, dentro de um retângulo.
-Produção de texto: criar uma história com o título: "Ninão, o sapinho trapalhão".
-Debater: a bruxa Risoleta será uma boa mãe para o príncipe-bebê? Por quê?
Atividades dia das bruxas
A bruxa está solta
Metas priorizadas: Leitura/Escrita e Expressão Oral


Assistir ao filme: O halloweem do ursinho Pooh – interpretação oral e escrita, discutir os valores e ilustrações.
Ornamentação das salas.
Contação de histórias em três momentos diferentes:
* Os Feitiços Do Sapo Nino - Col. Bruxa Risolet
* Bruxa, Bruxa, Venha a Minha Festa - Arden Druce
* Bruxa Onilda vai à Paris –Roser Capdevila, E. Larreula
Definição da palavra BRUXA – livre e com o uso do dicionário.
Listas de histórias com bruxas.
Ditado de poemas, frases e palavras referentes ao assunto.
Poema para completar, ilustrar, interpretar, contar as palavras, rimas...
Acróstico bruxístico.
Grupo de palavras com BR/X.
Leitura de poemas: VASSOURAL de Sylvia Orthof.
Poema enigmático: QUE SUJEIRA! de Sylvia Orthof.
Lista de compras da bruxa observando seu armário.
Receitas bruxísticas.
Cardápio para a festa da bruxa: definição, onde é encontrado esse tipo de texto e criar um cardápio para cada situação.
Leitura de tirinhas da Mônica sobre a bruxa, de Maurício de Souza: interpretação e inferência.
Criar um convite para a festa da bruxa.
Selecionar histórias que tenha a personagem, bruxa, para momento de leitura e reconto oral.
Avaliar e fazer ajustes.
Obs: Todas as atividades referentes ao processo foram retiradas da net com o objetivo de enriquecer o trabalho.
Avaliando:
* Positivo
Conhecer várias e diferentes histórias de bruxas.
Conhecer diferentes portadores de textos.
Conhecer a bruxa - mito fantástico.
Atividades divertidas.
Melhor fluência na leitura.
* Delta (Oportunidades de Melhoramentos)
Ter variedades de livros infantis sobre o assunto.
Explorar mais o assunto.
Assistir outros filmes.
Fazer uma festa com brincadeiras típicas, teatro e danças como nos anos anteriores.
Trabalhar com o tema acima é muito gratificante tanto para o aluno como para o professor.
É um tema que mexe com o imaginário da criança.
É interessante ver as caras e bocas ao ouvir uma história, ao ler e discutir um poema... a leitura é vista como um momento único, de puro prazer, de encantamento.
Ela busca sempre mais fazendo com que as aulas se tornem mais produtivas, principalmente quando há a contextualização.




Trabalhando com poemas e manual de instruções


Ler um poema com expressividade.
Exercitar a oralidade a partir da declamação de um poema.
Reconhecer as especificidades do gênero manual de instrução, através de atividades relacionadas.
Produzir um poema a partir de um manual de instruções
Duração das atividades
Aproximadamente 3 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Será necessário que o aluno esteja inserido no processo de alfabetização e letramento e que já tenha familiaridade com o gênero Poema.
Estratégias e recursos da aula
Momento 1
O professor mostrará a imagem abaixo para os alunos




e iniciará uma conversa a respeito da personagem apresentada, a qual será norteada pelas perguntas:
■Quem aparece nesta imagem?
■Como são fisicamente as bruxas?
■Elas são bonitas?
■Elas são pessoas bondosas?
■O que as bruxas fazem de maldades?
■Vocês conhecem histórias sobre bruxas? Quais?
■Quais animais aparecem na figura e sempre acompanham as bruxas?
■Como as bruxas se locomovem?
Momento 2
A partir dessa última pergunta, na qual os alunos irão reconhecer que as bruxas normalmente nas histórias "andam de vassouras", o professor trabalhará o poema abaixo.


Vassoural
A bruxa tem um jardim
plantadinho de vassouras.
Quando as vassouras se esticam,
amarelam bem maduras,
elas se largam no chão
e voam pela noite escura.
Varre, varre, vassourinha
varre o preto e mostra a lua,
varre a noite, limpa a estrela
poesia ninguém segura.


(Sylvia Orthof. A poesia é uma pulga. São Paulo, Atual, 1992.
 O professor lerá o poema acima em voz alta e pedirá que os alunos, coletivamente, também a leiam.
Em seguida, pedirá para eles ilustrarem o poema em folhas de ofício.
Além disso, ele pedirá para os alunos que se interessarem irem à frente da sala declamar o poema, após um tempo de leitura.
Momento 3
As imagens, a seguir, serão projetada no data-show ou no reto projetor:




O professor lerá as instruções de preparo e de uso da vassoura de bruxa, comentando-as e esclarecendo aos alunos que essas informações são úteis para ensinar as bruxas ou outros leitores a como utilizar a vassoura e também para advertir acerca de cuidados com esse produto.
Em seguida, os convidará a procurar em casa alguns manuais de instruções que ensinam a utilizar um aparelho como televisão, rádio, geladeira, DVD, etc.
Momento 4
Na aula seguinte, os alunos levarão esses manuais para a sala e os mostrarão para os outros alunos, lendo algumas informações que eles escolherem.
Momento 5
O professor apresentará no data-show o manual de instrução de uma vassoura elétrica disponível no site: http://i.s8.com.br/images/manuais/homeappliances/21339165.pd
Após a leitura desse manual, os alunos responderão as perguntas abaixo em duplas:
1.Esse manual apresenta instruções de montagem e uso de qual produto?
2.Esse manual é dividido em quantas partes? Quais são elas?
3.Como se usa essa vassoura?
4.Cite alguns cuidados com a vassoura.
5.Registre as possíveis causas do não funcionamento da vassoura
Momento 6
A última atividade proposta pelo professor será a escrita de um poema, semelhante ao lido por eles, abordando a temática do uso da vassoura.
Os alunos, em duplas, poderão escrever o poema com base no que aprenderam sobre as vassouras elétricas.
Recursos Complementares
O professor poderá também apresentar o vídeo sobre vassouras elétricas disponíveis no site: http://www.youtube.com/watch?v=D7e7NgxkwTQ
Avaliação
O professor avaliará se os alunos compreenderam a estrutura do gênero manual de instrução a partir da apresentação dos manuais trazidos por eles e a partir da atividade de interpretação de um manual em duplas.
Avaliará, ainda, se os alunos foram capazes de escrever um pequeno poema abordando o produto vassoura.






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios