BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, abril 24, 2014

Deu tatu no meu quintal> Estímulos literários , informativos e reflexivos> 24/04/14

Vejam os dois tatus....
Campanha: Eu protejo o tatu-bola
Preservação



Criança é curiosa por natureza. Mas será que filhote de Tatu também é? 
Ah! Pode apostar que sim! 
Tente imaginar o que poderá acontecer quando um menino curioso levado da breca encontrar um Tatu curioso pra lá de sapeca. 
Só que esse tatu não é um tatu qualquer, é um Tatu-bola. 
Até o jeito de ler este livro é diferente! 
Vamos conhecer a parte de cima da terra (onde mora o menino) e a parte de baixo (onde mora o Tatu) e descobrir como eles vivem e se divertem.

Orientação pedagógica


As crianças elegeram o título DEU TATU NO MEU QUINTAL como o preferido entre os livros de autoria de Flávia Côrtes e prestigiaram a autora com a confecção de murais e maquetes representando a história. Flávia demonstrou imensa alegria na manifestação de carinho dos alunos e retribuiu com muita simpatia e autógrafos ao final do encontro. Todas as crianças foram presenteadas por ela com um marcador de livros.

Fonte: AQUI

Leitura informativa
Este é de jardim.....

O TATU BOLA DE JARDIM PERTO DA EXTINÇÃO

É curioso imaginar que um animal tão pequeno e comum esteja sob ameaça. Porém para sua escala de tamanho isso está ocorrendo. Longe de qualquer perigo numa escala continental ou nacional, mas do nosso jardim. Na verdade, nosso velho conhecido desde a infância, o “Tatu bola”, é o representante mais notável de uma classe trabalhadora inteira de pequenos seres, que cada vez menos são encontrados em nossos jardins. Esses pequenos seres representados aqui pelo tatu bola são conhecidos tecnicamente como macro e micro-organismos do solo. São eles uma infinidade de pequenos a minúsculos insetos, inofensivas aranhas, formigas, fungos, bactérias, cupins de jardim, caramujos, larvas e a nossa amiga, a minhoca. Esses pequenos e numerosos seres prestam um serviço indispensável à vida que está sendo dispensado pela maioria de nós. A falta do Tatu bola e daqueles seres que ele representa aqui, é atribuído a um problema ambiental e econômico urbano.
Vejam mais 
Fazendo um tatuzinho de sucata...
Hora da história
Vejam uma historinha de jardim....
Para refletir.... Com os pequenos...

Hoje gostaria de contar uma história que aconteceu no jardim de minha avó. 


Ela tinha muitas flores e o pouco que entendo de flores devo as lições que ela me dava. 

Mas nada me impressionou tanto como a história do tatuzinho. 

Estava ela regando as plantas quando eu vi um bichinho sair correndo e se enfiar na terra num minúsculo buraquinho. 

Corri para minha avó e contei o que havia visto toda surpresa, pois como o bichinho iria respirar em baixo da terra! 

- Calma minha linda - disse a vovó - vamos ver o que você realmente viu. 

E assim começou a me falar das minhocas, formigas e outros nomes de bichinhos que vem na terra. 

- Por isso - disse ela - é que uso luvas e sempre peço a você que lave as mãos com sabão depois de brincar na terra. 

- Ela esconde muitas coisas que ainda nem sabemos o que é, mas que nos fazem mal. 

- Como fazem mal vovó? 

- Sem querer, é claro, às vezes estão apenas se defendendo, pois aquele é o mundo deles. 

- Sempre que vir algo diferente fique a distância e não ponha o dedo ou a mão. 

- Eles mordem? 

- Não, mas pelo que sei picam e sei que vai doer muito, e é preciso depois ir ao médico para se cuidar. 

- Vovó, veja o bichinho está saindo do buraquinho! 

- Sei, estou vendo. Veja o que ele vai virar! 

Espantada vi o bichinho virar uma bolinha! 

Fiquei de boca aberta e puxando seu avental gritava para saber o que acontecera? 

- Minha querida, assim como uma bolinha ele está se escondendo de nós. 

- Daqui a pouco ele volta a andar e correr novamente, mas se você tocar nele, imediatamente ele se transforma em bolinha. 

- Incrível vovó, nunca vi uma coisa assim! - disse eu extasiada. 

Aí então veio a lição da vovó que nunca vou esquecer. 

- Ouça o que a vovó tem para te dizer: 

- Na vida, às vezes, temos situações quase iguais a do bichinho. 

- Estamos em nossos lugares e de repente vem alguém e tenta nos ferir ou até fere, e o que fazemos? 

- Nós nos escondemos de tais situações com medo de ser ferido como o bichinho, mas está errado. 

- Devemos, sim, enfrentar nossos medos com cautela e resolvê-los para que não necessitemos virar bolinha. 

- Você entendeu o que eu quis te dizer? 

- Mais ou menos vovó. 

- Quando eu tiver medo ou um problema não devo me esconder, pois ele continuará ali. 

- Devo sim tentar resolvê-lo não é mesmo? 

- Isso minha menina esperta, e agora pegue um vidro que vamos colher as minhocas para o seu avô ir pescar. 

- Mas vovó, coitadinhas! 

- Querida cada um destes bichinhos tem o seu propósito, e nós temos o nosso, mas este é um assunto para uma outra hora. 

- Vamos então a nossa tarefa. 

E hoje muitas vezes tento não ser o tatu bolinha...

Fonte: 
Vejam os tatus...

Também conhecido pelo nome popular de tatu-bola, o mataco (Tolypeutes matacus) é um tatu encontrado na Bolívia, Paraguai, Argentina e Brasil, especialmente no estado de Mato Grosso. Tal espécie possui apenas 4 unhas em cada pata anterior. O tatu-bola, do qual nos referimos neste artigo, diferencia-se dessa espécie irmã pela presença de 5 unhas nas patas anteriores.



Tatuzinho de jardim – também conhecido como tatu-bola, é um pequeno crustáceo terrestre que se enrola como uma bolinha e vive no solo, muito comum em vasos e jardins. É inofensivo e muito benéfico nos processos de decomposição da matéria orgânica, além de auxiliar na aeração e retenção de umidade do solo.
 FULECO: O MASCOTE DA COPA DO MUNDO
fulecoA forma peculiar com que se defende das ameaças, que é fechando-se em sua carapaça adquirindo um aspecto arredondado que  lembra uma bola, foi decisiva para que o tatu-bola fosse eleito o mascote oficial do maior evento de futebol do planeta.  Após uma votação popular foi batizado com o nome de “Fuleco”, palavra que, de acordo com a Fifa, é uma junção das palavras futebol e ecologia. Espera-se que o mascote, sendo uma espécie ameaçada de extinção, possa sensibilizar a opinião pública sobre a importância da preservação do meio ambiente e que, assim, o tatu-bola tenha maior destaque e se torne uma espécie popular e alvo de maiores estudos acerca da sua biologia e conservação.

 OS TATUS

O tatu é um mamífero da Família dos Dasipodídeos, Ordem dos Desdentados, a mesma dos tamanduás e preguiças. Contudo, os tatus podem apresentar pequenos dentes em cada lado da boca. Em geral, os tatus escavam tocas e túneis com suas garras, à procura de alimento e também para servirem de abrigos.
É um mamífero de hábitos noturnos, onívoro (alimenta-se de outros animais e plantas) e em algumas espécies ocorre um fato curioso na sua reprodução, fato que o torna único entre os mamíferos: todos os filhotes são gêmeos idênticos e pertencem ao mesmo sexo. Geralmente os filhotes são quadrigêmeos idênticos, pois as fêmeas desse gênero são as únicas entre todos os mamíferos que apresentam poliembrionia obrigatória, ou seja, um único óvulo fecundado se divide em 4 embriões.
tatu
Em alguns países sua carapaça é utilizada para a fabricação de instrumentos musicais. Sua carne serve para consumo humano. A caça e a destruição do seu habitat puseram várias espécies em risco de extinção.
Os tatus mais conhecidos são: tatu-galinha (Dasypus novemcinctus), tatu-peba (Euphractus sexcinctus), tatu-bola (Tolypeutes tricinctus) e tatu-canastra (Priodontes giganteus).
Conheça aqui a campanha Eu Protejo o Tatu-Bola, desenvolvida pela Associação Caatinga e participe!!

Fonte:
 AQUI





Link para essa postagem


Um comentário:

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios