BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quarta-feira, dezembro 19, 2012

O macaco fofoqueiro>Macaquinho>Mais macaco danado>Estímulos literários>19/12/12




 Macaquinho
Ronaldo S.Coelho
Ele sentia saudades do pai....Queria sempre ficar junto...
A história é um alerta para a carência que pode estar dissimulada em pequenos gestos de uma criança.

Toda noite o macaquinho passava para a cama do pai e ficava mexendo, e pulando, e dando chute, e não deixava o pai dormir.
Então, o pai perguntava para ele:
– Por que você passa toda noite pra minha cama?
– Porque sinto frio.
O pai o cobriu com o lençol, a colcha e o cobertor e o macaquinho ficou muitas noites sem passar para a sua cama.
De repente, lá estava ele outra vez. E dava chute e não deixava o pai dormir.
O pai quis saber:
– Por que você passa toda noite pra minha cama?
– Porque tenho fome.
E o pai dava mamadeira e ele ficava muitos dias sem incomodar ao pai.
Em poucos dias, lá estava ele.
E, quando o pai perguntava, um dia era de vontade de fazer xixi, outro dia era medo, no outro era porque o berço estava apertado.
E tudo o pai resolvia.
E sempre o macaquinho estava de volta.
Até o dia em que o macaquinho resolveu falar claro:
– Eu quero ficar na sua cama porque fico com saudades de você.
E o pai entendeu, e o macaquinho o abraçou e o beijou.
E, daí pra frente, não passou mais para a cama do pai, porque brincavam juntos e o pai tinha tempo para ele.
Macaco danado




Borboleta e macaquinho saem em busca da mamãe macaca.
Ela tem uma cauda elegante, mas não é uma cobra; tem pernas compridas, mas não é uma aranha; vive saltando, mas não é sapo. Macaco Danado mostra que muitas vezes a descrição de parte de um todo pode nos remeter a outro todo, completamente diferente.
Principalmente em se tratando de macacos, borboletas e seus respectivos filhotes: a maior dificuldade da borboleta está em entender que a mãe do macaco é parecida com ele, pois filhote de borboleta (a lagarta) não se parece com borboleta adulta.
Motivação para a leitura:
- Trabalhar com a classe a metamorfose da lagarta.
Perguntas:
- Como uma criança se sente quando se perde da sua mãe?
Você já experimentou este desespero?
 Como agiu? Alguém ajudou você?
Conte sua história.
 Após a leitura do livro
- Explique o que causa todo o mal-entendido entre os personagens.
- Que outro animal da história poderia ter agido igual à borboleta? Explique a resposta.
- Faça uma relação dos animais na ordem em que eles se apresentam no livro.
Em seguida, classifique-os por diversos critérios, com sugestões dos alunos.
- Faça de conta que você é o macaco.
mais informações à borboleta para a introdução de outros animais na história.
 - Preencha a Ficha de Leitura com o nome do livro , autor , editora e ilustre a parte que você mais gostou.
No final ,colora a ''carinha '' mostrando o que você achou do livro.
“O macaco danado”, de Júlia Donaldson e Axel Scheffler, foi escolhido para desenvolvimento de aula sobre o valor humano :
AMOR e o sub-valor : GENEROSIDADE , através da leitura possibilitamos aos educandos a perceber a importância de ajudar o próximo , conhecer suas características dos animais e a importância de cada um para a vida do planeta, tendo em vista desenvolver hábitos de preservação ao meio ambiente.
http://linguagemeafins.blogspot.com.br/2012/08/literaturamacaco-danadoso-um.html
Leitura suplementar
MACACO DE ÓCULOS



Um macaco, que se achava muito esperto e inteligente, estava ficando velho e já não enxergava muito bem.
Preocupado com isso, resolveu usar sua esperteza e saber o que os homens fazem quando ficam velhos e já não enxergam bem.
Conversando com alguns, descobriu que era preciso usar óculos. Arranjou seis pares de óculos para não correr o risco de um só não dar certo.



Pendurou um no pescoço, outro no rabo, um na cabeça, outro na nuca, um no pé, um outro na mão... mas nada!
Continuava sem enxergar.
Cheirou, lambeu, mudou as posições e não conseguiu nenhum resultado.
Continuava enxergando mal, o macaco, então pensou que estava sendo enganado pelos homens. Ficou furioso!
Pegou seus pares de óculos, jogou-os no chão e pisou em cima.
Coitado! Continuou sem enxergar!

O macaco fofoqueiro
Guido Arrighi
"Fazendo uso da personificação, o autor nos leva à reflexão através das atitudes de um macaco e de toda bicharada, preocupados com a própria existência diante do perigo da destruição da floresta, passando pelos problemas de relacionamento humano como a intriga e a mentira. Abordando temas transversais através da contextualização, o autor discute temas como ecologia, ética e cidadania. "

Todos esses animais estão preocupados com a própria existência diante do perigo da destruição da floresta em que vivem, por atitudes de desrespeito ao meio ambiente causadas pelo homem, além de serem obrigados a lidar com situações que envolvem mentiras e intrigas entre eles.
Assunto: comportamento, imagem social do indivíduo e relações humanas.
Interdisciplinaridade: Estudos Sociais e Sociologia, Filosofia, Língua Portuguesa e Literatura e Ciências da Natureza.
Transversalidade: ética, cidadania e meio ambiente.
Propostas: pesquisas sobre fotossíntese, cadeia e teia alimentar; criação de textos, pesquisa, fábulas e contos.
Indicações:
- Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental

Imagem Macaquices!
Reflexão


Diga não a fofoca!

O MACACO ENCRENQUEIRO
ERA UM MACACO TÃO SAFADO,
MENTIROSO, ENCRENQUEIRO,
FAZIA SOMENTE O QUE LHE DAVA VONTADE,
NÃO SE IMPORTANDO EM PREJUDICAR
SEUS COMPANHEIROS DA FLORESTA.

QUANDO TINHA ALGUMA FESTA
NINGUÉM CONVIDAVA O APRONTÃO,
POIS ERA ENCRENCA NA CERTA!
E ASSIM O TEMPO FOI PASSANDO,
TODOS OS ANIMAIS DA MATA SE REUNIAM
FAZIAM FESTAS E BRINCADEIRAS
E O MACACO ENCRENQUEIRO
NUNCA ERA CONVIDADO.

ATÉ QUE UM DIA ELE REFLETIU...
TODOS TINHAM AMIGOS,
ESTAVAM SEMPRE JUNTOS E FELIZES,
BRINCAVAM, CURTIAM AS FESTAS COM ALEGRIA,
E ELE SEMPRE SOZINHO.
PENSOU... PENSOU... E TOMOU UMA DECISÃO:
- VOU TER QUE MUDAR DE ATITUDE,
POIS SE ASSIM EU CONTINUAR,
QUANDO EU FICAR VELHO QUEM DE MIM IRÁ CUIDAR?
E LÁ DO ALTO DE UMA ÁRVORE ELE PEDIU A PALAVRA:
- POR FAVOR, AMIGOS DA MATA, ESCUTEM O QUE EU QUERO DIZER:
SOU UM MACACO APRONTÃO, MAS EU PROMETO A VOCÊS
QUE A PARTIR DE HOJE OUTRO MACACO EU VOU SER,
PERDOEM A MINHA SAFADICE E OUTRAS COISA QUE FIZ,
POIS SOMENTE HOJE É QUE PERCEBI,
QUE TER AMIGOS É QUE FAZ A GENTE FELIZ!
There Válio



Certo macaco encrenqueiro
Resolve a sua vida mudar
Parou rápido de infernizar
Deixou de ser fofoqueiro.
###
Na floresta o seu cantar
Anima toda a bicharada
A sua linda voz afinada
Os bichos sabe enfeitiçar.
###
Quieto, ficou a atinar.
O macaco virou baladeiro
Nas festanças dos amigos
Ele, agora é o cozinheiro!



Macaco chegou ao bonsenso
de respeito a liberdade
não se deve forçar barra
tratando bem amizades.
 
http://sementinhasparacriancas.blogspot.com.br/2009/06/o-macaco-encrenqueiro.html
 
Texto by krika
O macaco fofoqueiro traz uma oportunidade lúdica para levarmos reflexão aos nossos alunos,
que dependem de nossas orientações para contextualização da ética, valores, comportamento social, entre tantos outros cuidados com nosso ambiente e convívio saudável com as pessoas ao nosso entorno.
O macaco Menelau achava a selva aborrecida, tranquila demais. Ele queria agitação!
Por conta de sua inquietude ficava observando a vida alheia e fofocava. Adorava colaborar com intrigas e sempre era o autor destas horríveis artimanhas.
Todos os animais já sabiam de sua fama e ficavam com um pé atrás e de orelhas em pé !
Pois bem, um dia ele resolve fazer uma fofoquinha entre o Janjão, seu elefante e o Léo, o rei da selva.
Disse ele a  Janjão e Léo, separadamente, lógico, que um queria expulsar o outro da floresta...
Sorte que ambos já calejados com suas macaquices maldosas, relevaram a questão. Porém já fartos dessas manobras de Manelau queriam ir a forra!
Foi então que a coruja Piapia, com sua inteligência costumeira armou um plano.
Enquanto isto o Menelau aguardava a briga entre Janjão e Léo ... Logo viu dona Piapia conversando com os dois amigos...
Aí que caiu a ficha do macaco fofoqueiro! Ele não queria intriga? Pois sobrou pra ele ,claro!
Dona Piapia foi encarregada de trazer os boas novas ao Menelau, quer dizer, ela trouxe sua sentença de sobrevivência!
Disse - lhe então que ele seria o guardião da floresta, um olheiro para alertar à todos com a chegada de caçadores, lenhadores, pescadores e predadores em geral, que faziam mal aos habitantes da floresta.
Uma tarefa fácil para um macaco bisbilhoteiro que ficava de galho em galho causando situações embaraçosas e desleais, não acham?
Já que ele gostava de agitação, iria vigiar a floresta. Um castigo decidido e merecido, pois ele agiu de forma errada, tentando fazer Janjão e Léo se desentenderem.
A  partir daquele momento Menelau deveria ficar alerta e avisar a turma sobre qualquer ameaça.
Envergonhado, passou a cuidar de todos, pois, caso contrário seria expulso dali....
Seu castigo serviu-lhe de lição, finalmente entendeu que para conviver com os outros, precisava ter atitudes acertivas, positivas.
Menelau levou a sério sua tarefa, mal tinha tempo pra descançar...
Passado um tempo os companheiros da floresta fizeram-lhe uma homenagem comovente.
Dona Piapia elogiou seu comportamento agora responsável e dedicado.
Menelau foi além, ele também cuidou da floresta, não deixando intrusos destruírem  o meio ambiente.
No final da história Menelau ganhou uma cacho de bananas como recompensa de seus feitos!
Praticar o  bem traz a sensação boa de que somos aceitos pela comunidade em que vivemos.
  Atividades sobre a obra
Questões para reflexão:
A partir do comportamento dos personagens podemos discutir e analisar as atitudes dos mesmos, se elas foram corretas ou não, e como atingiram os outros animais.
A importância da convivência, a preservação do meio ambiente, podem ser outros tópicos de reflexão.
  Ética e comportamento social:
Ser ético é respeitar as pessoas que nos cercam, seja em casa, na escola e vizinhança, de forma que nossos atos não ofendam nem prejudiquem os outros.
1- O comportamento de Menelau  foi ético?
2- Ele  agiu de maneira correta com seus companheiros?
3- Sua mentira os prejudicou-os? Ou seja, fazer intrigas é ético ?
4- O que significa dizer: " Ele não teve ética ao agir daquela maneira"
" O comportamento do macaco Menelau não foi ético."
5- No diálogo que Menelau manteve com Léo, qual o objetivo do macaco?
6- Nas suas relações de amizade, você já observou atitudes semelhantes? Descreva-as.
7- Por que o leão e o elefante não acreditaram nas palavras de Menelau? Você já se encontrou em situação semelhante à de Léo e Janjão? Descreva o fato ou faça uma dramatização.
8- Na sua opinião, essas atitudes podem provocar que tipo de reação?
9- Faça uma análise do comportamento do macaco, elefante, leão  e coruja.
10- Crie uma nova história, tendo como fato principal:
" Léo acreditou na história de Menelau."
11- O Menelau pulava de galho em galho observando a vida alheia e agindo como leva e traz. Esse comportamento inadequado foi avaliado como uma aptidão e explorado para uma ação positiva. Como?
Você seria capaz de dar outro exemplo de comportamento negativo que pode ser transformado em positivo? Conte-o.
Animais e  destruição da floresta:
Sabendo que Menelau tornou-se um protetor da floresta, responda quais são os malefícios que os homens provocam com a matança de animais e a destruição de florestas.
Façam uma pesquisa sobre animais em extinção.
Faça um levantamento de todos os comportamentos positivos e negativos da história. Organize um grupo e monte uma nova história onde apareçam os mesmos comportamentos do livro.
Depois da história elaborada, faça uma dramatização a partir da figura de um  caçador.
As atitudes abaixo relacionadas estão misturadas.
Separe-as de forma que fiquem distintas entre positivas e negativas:
Fofoca, justiça, bondade, ganância,agressão,inveja, solidário, rivalidade, respeito, ódio.
Finalizando:
As ações pedagógicas desenvolvidas com ludicidade garantem uma sensibilidade e emoção no jogo da aprendizagem. Estes estímulos são apropriados para atividades literárias, abrindo assim,  espaços prazerosos, cativantes e alegres.
A reflexão sobre diversas faces da conduta humana deve fazer parte dos objetivos maiores do professor e da escola comprometida com a formação da cidadania.
O macaco fofoqueiro traz à tona esta possibilidade pedagógica, proporcionando a transversalidade, através da exploração e reflexão sobre valores e atitudes .
Fonte: Nancy Caruso Ventura
Editora Noovha América


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios