BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, julho 23, 2015

De onde viemos?>Sexo não é bicho papão> Orientação sexual>Estímulos literários>23/07/2015

Sexualidade infantil

Além do assunto sempre gerar controvérsias, ele ainda é alvo de polêmicas e discussões entre os profissionais da Educação e os pais.

Objetivo:
Fornecer alternativas para se abordar a sexualidade e promover a orientação sexual das crianças.
Até hoje, educadores e responsáveis acreditam que o tema é muito complexo para ser abordado com alunos e filhos. Entre os pais, existem aqueles que preferem não mencionar o assunto, pois se dizem despreparados para isso. Muitos ainda alegam não saber como responder as perguntas que são feitas pelas crianças. Já entre os educadores também há os que não se julgam preparados para falar sobre sexualidade com os alunos. No entanto, as crianças devem receber orientação sexual tanto da família quanto da escola. Logo, educadores e pais deveriam partir para um trabalho em conjunto, para elucidar as principais dúvidas infantis.
Dicas para abordar o tema na escola
A orientação sexual, para se dar de forma natural, deve ser desenvolvida a partir de conversas, brincadeiras e histórias encontradas em livros ou criadas pelos próprios educadores. Eles ainda devem responder às questões colocadas pelos alunos de maneira simples e objetiva, levando em conta a idade das crianças, o grau de maturidade e as necessidades emocionais intrínsecas a elas.
Mais: AQUI
Livro De onde viemos
Sexo não é bicho-papão! 
É o livro que estava faltando para a educação sexual do seu filho ou aluno. 
Todo ilustrado por Bia Salgueiro, o livro apresenta, numa linguagem clara, didática e afetiva, as principais curiosidades que a criança de 5, 6 anos tem sobre seu corpo e a sexualidade. Elaborado para ser interativo, a criança pode escrever, pintar e colocar sua opinião.
O livro vem com um CD com músicas feitas especialmente para ele e um Guia com as informações necessárias para pais e professores.
 As quatro músicas do CD, compostas por Zé Zuca (cantor, compositor e arte- educador), falam sobre Identidade, Diferenças entre as pessoas, Corpo e Como nascem os bebês.
O Guia objetiva auxiliar os pais, tirando dúvidas e preparando-os para lidar com as situações do dia a dia.
  O professor, por sua vez, terá em mãos um pequeno manual com toda a orientação pedagógica necessária para que possa realizar seu trabalho de educação sexual, passo a passo, com a metodologia mais adequada e as dinâmicas indicadas para uma melhor integração e aproveitamento de conteúdo por parte dos alunos.
 As atividades pedagógicas propostas estão inseridas no contexto escolar, relacionando-se aos Parâmetros Curriculares Nacionais e às diretrizes para o trabalho com crianças.
O livro Sexo não é bicho-papão!, o guia para pais e professores e o CD se apresentam num momento em que os pais em casa e o professor na escola objetivam estar em consonância com as demandas atuais da sociedade. E nesse caso, as questões sociais, sexuais, de cidadania, entre tantas outras, que interferem no dia a dia das crianças, não podem ficar de fora dessa discussão.
Essas temáticas, por sua importância na formação das nossas crianças, há muito tempo têm sido a preocupação dos pais e motivo de novas propostas de educação, incorporadas aos currículos ou a projetos pedagógicos de centenas de milhares de instituições de ensino do país.
 Portanto, todos serão presenteados com Sexo não é bicho-papão!: as crianças pequenas terão um livro cuidadosamente preparado para esclarecer suas dúvidas; os pais, um instrumento para facilitar essa conversa; e os professores, um material para auxiliá-los num trabalho mais bem fundamentado e de melhor qualidade.
 Sabemos que a não-satisfação das curiosidades das crianças gera ansiedade e tensão, porque são questões muito significativas para a subjetividade de cada pessoa. A oferta, por parte da escola, de um trabalho com o livro Sexo não é bicho-papão! vai ajudá-las a esclarecer suas dúvidas, o que contribui para sua formação e alívio da ansiedade que, muitas vezes, interfere em seu aprendizado.

   Razões para ler o livro Sexo não é bicho-papão!
 1- A criança mais bem informada terá maiores chances de lidar com a sexualidade e, no futuro, vivenciá-la sem culpa;

 2- Conversar sobre esse assunto ajuda a destruir alguns mitos e a corrigir informações e conceitos equivocados;

 3- Quando não tem um espaço para falar sobre sexo claramente e elaborar suas dúvidas, a criança cria fantasias que geram ansiedade e que, muitas vezes, no futuro, trazem prejuízos emocionais, de relacionamento e sexuais;

4- Possibilita um aumento da intimidade entre pais e filhos;

5- Quando conversam, as crianças ficam mais tranquilas porque têm suas dúvidas sanadas;

6- A criança aprende a conhecer melhor o próprio corpo e a sexualidade;

7- Identifica situações de possíveis abusos sexuais.

Um livro escrito por quem entende do assunto.


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios