BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, novembro 05, 2012

Jardim zoilógico>Estímulos poéticos> Aulas animais>05/11/12


Carlos Pimentel
Jardim zoilógico


Neste livro você conhecerá um jardim Zoilógico onde é proibido matar, é proibido maltratar e é proibido desrespeitar a natureza.
Neste Jardim Zoilógico, logicamente, os animais não são presos.
Conheça esse zoológico tão diferente.

Livro

No jardim zoilógico, logicamente não há animais presos.
Os animais só são bonitos soltos, embelezando e colorindo o lugar em que vive.
No jardim zoilógico não há passáros em gaiolas: de que serve um canto triste de um prisioneiro?
No jardim zoilógico
_ que está situado no mundo ilógico - não há casacos de pele de animais, não bolsas de couro de
jacaré, não se comem sopa de tartaruga.
No jardim zoilógico é proibido matar, é proibido maltratar é proibido desrespeitar a natureza.
Por isso o Jardim Zoilógico é o lógico, é o certo:
Errados são os zoológicos deste nosso mundo lógico.

Aranha, borboleta, coruja, dinossauro, elefante, macaco, leão, baleia, quero-quero, tartaruga são alguns dos animais que habitam o Jardim Zoilógico.
São poemas curtos, bem-humorados, que refletem sobre bichos de um zoológico ideal, onde não haveria animais presos, maldade, destruição.
Cada poema é encerrado por uma quadrinha que propõe ao leitor alguma pergunta ou atividade (desenho, observação...) a respeito do animal em questão. No final, um poema terno e carinhoso sobre o bicho-criança.
Assunto/tema: a crueldade e falta de lógica no tratamento dado aos animais nos zoológicos.
Temas secundários: animais domésticos x animais selvagens; espécies animais; animais em extinção; ser humano x animal; o comportamento humano x o comportamento do animal em relação à natureza.

Recital de poesias
Autor: Mirian Chaves Carneiro
Interessar-se pela leitura e escrita como fontes de informação, aprendizagem, lazer e arte.
• Desenvolver estratégias de compreensão e fluência na leitura.
• Recitar ou ler em voz alta textos poéticos breves, previamente preparados.
• Ler e analisar oral e coletivamente esses textos, atentando para a linguagem figurada, observando que essa linguagem pode sugerir interpretações diversas.
• Escrever poemas.
• Ler em voz alta, para um pequeno público, textos poéticos previamente preparados.
• Acompanhar leituras em voz alta feitas pelo professor.
• Desenvolver o gosto pelo texto poético.

Vejam tudo aqui

Os animais
Autor: Wesley Pereira da Silva
• Reconhecer-se como animal e parte integrante do meio ambiente.
• Identificar, diferenciar e classificar os animais.
Duração das atividades
Duas horas e trinta minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
• Seres vivos;
• Utilidade dos animais. Estratégias e recursos da aula
Conteúdos Específicos:
■classificação animais vertebrados;
■classe dos mamíferos;
■classe dos répteis;
■classe das aves;
■classe dos anfíbios;
■classe dos peixes.
Recurso educacional:



http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/discovirtual/aulas/529/imagens/deondevemleite.jpg



Preparando a aula:
Em aula anterior, peça aos alunos que na próxima aula tragam figuras de animais recortadas de revistas ou livros velhos. Oriente sobre a conservação dos livros para que não destruam livros úteis. Eles também vão precisar de tesoura, cola e caneta para anotações.
O professor deverá providenciar figuras de animais que possam ser mais difíceis de ser encontrados, além da figura de um ser humano.
Providencie para cada grupo cópias da “ficha do animal” em anexo.
Se possível, faça cópia na cartolina, ou papel mais resistente e leve as fichas já perfuradas para facilitar a encadernação.
Para esta aula será necessária a existência de televisão conectada ao DVD ou computadores disponíveis para os alunos, ou ainda, computador conectado ao data show para reprodução do vídeo pelo professor.
Introduzindo a aula: (30 min.)
Monte cinco grupos com a mesma quantidade de alunos e peça para que coloquem sobre as mesas as figuras que trouxeram.
Distribua adequadamente as figuras selecionadas por você.
Oriente-os a separar essas figuras em grupos de animais com características semelhantes.
Estimule-os a descrever o critério utilizado por eles.
Em seguida, aponte para alguns animais e faça as seguintes perguntas:
1.Onde este animal vive?
2.Como ele se locomove?
3.Que tipo de revestimento ele possui em seu corpo?
4.De que se alimenta?
5.O que este animal pode nos oferecer?
Após ouvir as respostas dos alunos para vários animais, finalize esta eta pa com a figura da vaca. Ao obter a última resposta, faça-os refletir sobre outros animais que produzem leite.
Convide-os a assistir o vídeo sobre a origem do leite e atente-os sobre como ele classifica a vaca e outros animais que produzem leite.
Desenvolvendo a aula: (60min.)
Parte 1 – Vídeo e discussão.
Reproduza o vídeo De onde vem o leite? para os alunos e depois lance as seguintes perguntas:
1.Sobre o que informa o vídeo?
2.Quem já sabia a origem do leite?
3.Que produtos podem ser feitos a partir do leite?
4.O que é pasteurização?
5.Quais os tipos de leite mostrados no vídeo?
6.Que animais mamíferos aparecem no vídeo?
7.Citem animais que não são mamíferos.
8.Se eles não são mamíferos, o que são?
Depois de ouvir as respostas dos alunos, proponha que façam uma nova classificação dos animais, separando os mamíferos como uma classe.
Explique a eles que animais mamíferos possuem características comuns como, por exemplo, o corpo coberto por pêlos.
Aproveite para deixar claro que o homem é classificado como um animal mamífero, pois mama e tem características semelhantes aos outros mamíferos.
Explique que os animais cobertos por penas são as aves.
Faça-os perceberem as outras semelhanças entre as aves como o bico, os membros e o fato de poderem voar.
Cite o morcego e observe se acham que é uma ave.
 Explique que o morcego apesar de voar tem o corpo coberto de pêlos e por isso é um mamífero. Ressalte que este é o único mamífero que consegue voar.
 Em seguida comente sobre os peixes. Faça-os lembrarem do maior número de nomes de peixes que conhecem: pirarucu, piranha, pacu, pintado, namorado, salmão, sardinha.
Provavelmente eles devem citar a baleia e o golfinho.
Explique que são mamíferos que vivem na água e que apesar de parecerem peixes mamam o leite da mãe. Mostre uma figura de cobra pergunte que outro animal se parece com ela.
Que outro animal se locomove como ela.
Faça com que percebam semelhanças entre a cobra, o jacaré e a tartaruga.
Explique que o cágado e o jabuti são animais muito parecidos com a tartaruga.
Faça-os perceberem algumas diferenças sutis, como o formato dos pés.
As tartarugas têm pés no formato de nadadeiras, pois vivem a maior parte do tempo dentro da água doce ou sa lgada, enquanto cágado s têm os dedos ligados por membranas e são de água doce. Os jabutis têm pés no formato de patas, pois vivem na terra.
Explique que os répteis têm uma pele grossa, às vezes coberta de escamas e impermeável.
Finalize com os anfíbios.
Escreva no quadro essa palavra e explique que esse nome significa anfi = dupla, ambas; bios = vida e que os anfíbios recebem esse nome pelo fato de a maioria desses animais passarem as primeiras fases de sua vida na água e em seguida na terra.
Explique que esses animais possuem a pele sempre úmida.
Cite os exemplos da salamandra e das cobras-cegas, que apesar do nome, não são répteis.
Sistematizando a aula: (60 min.)
Depois da classificação correta dos animais peça para que cada grupo fique responsável por uma classe.
Isso pode ser feito através de um sorteio.
Deixe que eles caminhem entre os grupos e recolham as figuras dos animais que pertencem à sua classe que já deverão estar separadas.
Esse momento deve ser bem orientado para que não haja bagunça ou mesmo brigas entre os alunos. Uma boa sugestão é que cada grupo tenha um momento para recolher suas figuras.
Aproveite as divergências para serem discutidas com a turma.
Após as trocas entregue as fichas do animal para que eles possam preenchê-las.
Peça para eliminarem as figuras repetidas.
As figuras devem ser coladas no local apropriado e as frases completadas corretamente.
Auxilie na escrita correta das palavras.
Ao final, peça para que cada grupo mostre seu trabalho ao restante dos colegas.
Junte todas as fichas e encaderne formando um álbum dos animais.
Providencie uma capa colocando o nome do álbum e os autores.
Sugestão de alternativa para o desenvolvimento da aula
Se preferir, peça para que cada grupo monte um álbum com todas as classes.
Assim, ao final da aula serão obtidos vários álbuns que poderão ser comparados e compartilhados.
Se não for possível levar as fichas perfuradas, outras formas de encadernar o álbum podem ser utilizadas a critério do professor como grampos, cola ou fitas.
Sugestão de aprofundamento
Agende uma visita ao zoológico da cidade para que os alunos tenham a oportunidade de observar as características dos animais estudados, que não são tão comuns de serem encontrados no dia-a-dia.
Avaliação
A avaliação poderá ser feita através da montagem do álbum dos animais produzido pelos alunos que está descrita na parte de sistematização da aula.


Estudando os animais na Educação Infantil

Essa coleção aborda o tema Animais bem como suas características e especificidades.
Além dos recursos mencionados, o Portal do Professor disponibiliza aulas que abordam tais temáticas e que poderão auxiliar no desenvolvimento e aplicação de novos materiais didáticos visando enriquecer o mesmo objetivo.

A importância dos animais através
 da lenda do Curupira.

  Autor :Miguel Victor Neves Saraiva
- A lenda folclórica do curupira, compreendendo o sentido da história contada pelo professor.
- A necessidade de proteger os animais contra os caçadores ilegais.
- Brincadeiras lúdicas com o tema das histórias contadas, trabalhando as expressões corporais.
Duração das atividades
1 aula/100 min
Estratégias e recursos da aula
O professor iniciará a aula falando algumas características do Curupira, personagem folclórico do interior do Brasil.
Mas antes de o professor comentar sobre a função do curupira, ele mostrará o seguinte vídeo para os alunos:
Depois da apresentação do vídeo, o professor fará algumas perguntas para saber se os alunos conseguiram interpretar a história:
1- Qual a função do Curupira?
2- O que aconteceu com o caçador?
3- E com o ajudante do caçador, o que aconteceu?
Dando seqüência a essas perguntas, o professor mediará com os alunos um debate sobre a importância da preservação dos animais em extinção, e as conseqüências da caça ilegal.
Como forma de enriquecer o debate e como forma de conscientizar os alunos, o professor colocará o seguinte vídeo:
Após o vídeo, algumas perguntas serão feitas para perceber a compreensão dos alunos:
1: O que é extinção?
2: Quais são os fatores que causam a extinção?
3: Qual a diferença da extinção causada pelo homem e por processos naturais?
4: Para que os animais são caçados?






Atividade 1
Depois do debate, o professor explicará que todos os alunos irão virar o curupira, e para salvar os animais, eles terão que criar uma armadilha para prender o caçador e não deixá-lo matar os animais.
Assim, o professor distribuirá uma folha de papel A4 para os alunos desenharem e colocarem no papel as suas idéias para prender o caçador.
Importante pedir para os alunos escreverem no rodapé uma legenda explicativa para o desenho.
Atividade 2
Na quadra de Educação Física, o professor proporá para os alunos um pique-pega.
Um aluno será escolhido para ser o pegador, mas como diferencial desse pique, o pegador escolherá um animal para que ele e todos os alunos se desloquem igual a esse animal.
Quando algum aluno for pego, este escolherá outro animal para que todos imitem seu deslocamento.
 Com isso, os alunos compreenderão um pouco melhor o deslocamento dos animais, percebendo suas características particulares.
Atividade 3
Na última atividade, os alunos irão reproduzir os sons de alguns animais.
 O professor colocará numa sacola nomes de seis grupos de animais (gato, galo, cachorro, vaca, cavalo e macaco).
Cada aluno retirará de dentro da sacola um papel com o nome de um desses animais, não podendo mostrar para os colegas.
Em seguida, o professor distribuirá uma venda para os alunos colocarem nos olhos.
Ao sinal do professor, todos de olhos vendados deverão reproduzir os sons de seus animais sorteados.
 O objetivo da brincadeira será fazer com que todos os alunos que tiraram o mesmo animal se encontrem e forme um grande grupo.
No final da aula o professor reunirá todos os alunos para uma avaliação final.
Recursos Complementares
Sites:
Avaliação
Como avaliação final desta aula, alguns questionamentos serão feitos para os alunos:
1- Quem foi o Curupira?
2- Quais são os principais fatores que contribuem para a extinção de algumas espécies de animais?
3- O que devemos fazer para ajudar a salvar os animais?
4- Qual foi a maior dificuldade para interpretar os animais nessa aula?
 
Vejam literatura sobre Curupira aqui:  
 
  Projeto A arca dos animais

Teatro/Dramatização
Imitando animais

Quando se trabalha com jogos teatrais, o objetivo é ampliar a expressividadegestual dos alunos.
 É preciso ter em mente que todo trabalho de teatro deve começar com umaquecimento físico a fim de preparar o corpo para que se possa trabalhar sua expressividade.
Para isso, proponha um aquecimento físico com música.
 Inicialmente, os alunos, orientados peloprofessor, deverão se locomover no espaço, explorando-o.
A consigna consiste em acompanhar oritmo da música movimentando o corpo na altura do chão, na altura de quem está andando e nomais alto nível que conseguirem.
Com o corpo aquecido, passa-se ao aquecimento do pensamento/imagem, que consiste em umlevantamento do conhecimento prévio dos alunos sobre bichos que se locomovem na altura dochão, na altura do andar humano e em alturas maiores.
Proponha que eles ocupem um lugar no espaço da sala divididos em três grupos:•um canto para os animais que se locomovem e produzem movimentos na altura do chão;•outro espaço para aqueles que querem trabalhar a expressividade dos animais que selocomovem no nível médio;•outro espaço para os que querem trabalhar com alturas maiores.
Os grupos devem realizar ensaios representando o bicho anteriormente imaginado.
Depois, osalunos sentam-se no chão de forma que ocupem todo o espaço da sala, e cada um apresenta seuanimal e imita sua forma de ser, ressaltando:•posição do animal parado;•forma de locomoção;•voz (som que emite);•expressão física do animal.
Com a ajuda de todo o grupo, o professor pode propor também algumas situações nas quais os

animais podem estar dormindo, comendo, passeando etc.

Novas situações de cenas podem ser criadas:
•Uma conversa entre o animal que se locomove no alto e o rastejante.
•Uma confusão criada pelos animais que se locomovem no nível médio.
•Uma coisa engraçada que acontece nos três grupos de animais...
No decorrer da atividade, é interessante a troca de personagens para que os alunos possamvivenciar diversos animais e, conseqüentemente, diferentes maneiras de produzir gestos e sons.
No final da atividade, faça uma avaliação a partir das respostas dos alunos sobre o que foi maisdifícil fazer, o que foi mais fácil e o que eles gostariam de ter feito e não aconteceu nessa aula, eaproveite esse material para preparar a próxima aula de teatro com o seu grupo.
Para aprofundar:
É interessante olhar livros e revistas com informações sobre animais, conversar sobre seushábitos, programar visitas ao zoológico, resgatar conhecimentos prévios dos alunos sobre animais,assistir a filmes e vídeos com imagens de animais...
Texto original:Lelê Ancona
Consultoria pedagógica:Anamélia Bueno Buoro
Edição:Equipe EducaRede


 


 


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios