BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sábado, julho 06, 2013

Ah, Cambaxirra, se eu pudesse... Estímulos literários > Meio ambiente > 06/07/13



AH, CAMBAXIRRA, SE EU PUDESSE...

Ana Maria Machado


Era uma vez uma cambaxirra, toda saltitante e alegre que estava fazendo ninho na árvore de galho mais bonito da floresta.
Um dia, viu um lenhador se preparando para derrubar a árvore. Começou a voar em volta e a cantar muito agitada. O lenhador perguntou:
- Cambaxirra, que foi que houve?
E ela disse:
- É que você vai derrubar a árvore de galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
Não faz isso, por favor.
E o lenhador respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do capataz. E morro de medo dele.
Então a cambaxirra voou até a casa do capataz e pediu:
- Capataz, por favor, não dê ordem ao lenhador para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o capataz respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do barão, que é o dono da terra e quer muita lenha. E morro de medo dele.
Então a cambaxirra voou até o castelo do barão e pediu:
- Barão, por favor, não dê ordem ao capataz
 para dar ordem ao lenhador para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o barão respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do visconde, que é o dono de mais terras e mesmo assim quer muita lenha. E morro de medo dele.
Então a cambaxirra voou até o castelo do visconde e pediu:
- Visconde, por favor, não dê ordem ao barão
para dar ordem ao capataz
para dar ordem ao lenhador
para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o visconde respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do conde, que é o dono de mais terras e mesmo assim quer muita lenha. E morro de medo dele
Então a cambaxirra voou até o castelo do conde e pediu:
- Conde, por favor, não dê ordem ao visconde
para dar ordem ao barão
para dar ordem ao capataz
para dar ordem ao lenhador
para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o visconde respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do marquês, que é o dono de mais terras e mesmo assim quer muita lenha. E morro de medo dele
Então a cambaxirra voou até o castelo do marquês e pediu:
- Marquês, por favor, não dê ordem ao conde
para dar ordem ao visconde
para dar ordem ao barão
para dar ordem ao capataz
para dar ordem ao lenhador
para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o visconde respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do duque, que é o dono de mais terras e mesmo assim quer muita lenha. E morro de medo dele
Então a cambaxirra voou até o castelo do duque e pediu:
- Duque, por favor, não dê ordem ao marquês
para dar ordem ao conde
para dar ordem ao visconde
para dar ordem ao barão
para dar ordem ao capataz
para dar ordem ao lenhador
para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o visconde respondeu:
- Ah cambaxirra, se eu pudesse...
Mas não é comigo. Estou só cumprindo ordens.
- De quem?
- Do imperador, que é o dono de mais terras e mesmo assim quer muita lenha. E morro de medo dele
Então a cambaxirra voou até o palácio do imperador e pediu:
- Imperador, por favor, não dê ordem ao duque
para dar ordem ao marquês
para dar ordem ao conde
para dar ordem ao visconde
para dar ordem ao barão
para dar ordem ao capataz
para dar ordem ao lenhador
para derrubar a árvore do galho mais bonito onde estou fazendo meu ninho.
E o imperador respondeu:
- Em primeiro lugar, você devia me chamar de Vossa Majestade. Em segundo, não tinha nada que ir entrando assim pela janela e falando, devia marcar audiência. Em terceiro, eu faço o que bem entendo e não tenho nada que dar satisfação a ninguém. E vou dar uma ordem: saia daqui imediatamente.
Mas a cambaxirra continuou:
- De quem é que o senhor tem medo?
- Vossa Majestade, não se esqueça! Eu não tenho medo de ninguém. E como você não cumpriu minha ordem, vou mandar prendê-la numa gaiola para sempre.
Mas a cambaxirra estava furiosa:
- Prende nada. Primeiro, vão ter que me pegar. E isso não vão conseguir. Mesmo porque eu vou sair por aí e pedir ajuda a todo mundo.
- A todo mundo?
E a cambaxirra, muito esperta, ameaçou:
- É ... a todo mundo junto.
- Ah cambaxirra, não faz isso não.
De todo mundo junto eu tenho medo.
- Então salva a minha árvore.
E o Imperador deu ordem ao duque para
dar ordem ao marquês para
dar ordem ao conde para
dar ordem ao visconde para
dar ordem ao barão para
dar ordem ao capataz para
dar ordem ao lenhador para
não derrubar a árvore de galho mais bonito onde a cambaxirra foi fazer o ninho dela.



RESPONDA AS SEGUINTES QUESTÕES RELACIONADAS AO TEXTO:
Depois de ler o texto, você consegue me dizer o que é a cambaxirra?
Quem foi o primeiro a quem a cambaxirra pediu para não cortar sua árvore? E o último?
Por que a cambaxirra não queria que cortassem sua árvore?
Quem dava ordem ao conde? E ao marquês?
Para quantos a cambaxirra teve que pedir para não ter sua árvore derrubada?
Quais eram as desculpas que eles davam para a cambaxirra?
E de quem o imperador disse ter medo? Você acha que ele tem razão de ter medo por isso? Por quê?
 Por que a cambaxirra tinha tanta certeza que o imperador não conseguiria prendê-la numa gaiola?
ATIVIDADES GRAMATICAIS
1) PREENCHA A CRUZADINHA COM O FEMININO DAS PALAVRAS ABAIXO:
a) barão: ____ c) conde: ______ e) lenhador: ________
b) marquês: ____ d) imperatriz: _____ f) duque: _____






2) CLASSIFIQUE OS SUBSTANTIVOS ABAIXO, CONFORME O EXEMPLO:



3) DÊ O PLURAL:
a) Duque: _________ b) ordem: _____ c) marquês: ____
d) capataz: _______ e) barão: _____ f) cambaxirra: ____
g) Vossa Majestade: _______h) visconde: ____



4) MARQUE (DG) PARA SUBSTANTIVO COMUM DE DOIS GÊNEROS, (E) PARA SUBSTANTIVO EPICENO E (S) PARA SUBSTANTIVO SOBRECOMUM:
( ) Estudante ( ) tamanduá ( ) ídolo ( ) pessoa ( ) onça ( ) jacaré
( ) criatura ( ) pianista ( ) gavião ( ) criança ( ) policial



http://atividadeslinguaportuguesa.blogspot.com.br/2010/10/ah-cambaxirra-se-eu-pudesse.html
 
Vejam projeto: O que é vivo só está inteiro no seu meio


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios