BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, setembro 06, 2012

Eleições>Literatura> O Santinho>Veríssimo> 06/09/12


NÓS TAMBÉM SOMOS RESPONSÁVEIS

Muitos brasileiros já não acreditam nos políticos, acham que são todos malandros, aproveitadores, que na hora da eleição vêm pedir o voto com falsas promessas e depois quando ganham vão cuidar de suas vidas e de seus interesses.
Não temos dúvida de que existe a corrupção existe. Ela está todos os dias na TV , no rádio e nos jornais. Por que acontece isso? Porque os políticos se esquecem de que são representantes do povo e não estão no poder para passar a mão no dinheiro que não é deles ou fazer favores a familiares e amigos, etc.
Mas não podemos nunca esquecer que o povo é quem tem o poder, e que os governantes são apenas os representantes eleitos. Eles têm de atender as necessidades dos cidadãos, respeitar a sociedade acima de tudo, e se esforçar para cumprir as promessas feitas nas campanhas.
Os cidadãos, por sua vez, têm o dever de fiscalizar o que seus representantes estão fazendo e, se estiverem pisando na bola, o negócio é protestar. Sempre.
Pois nada é mais forte do que um povo instruído, que luta por seus direitos, que tem a força da cidadania.
Mesmo estando desanimadas, as pessoas têm que continuar votando, pois só assim podem acabar com a corrupção que está tomando conta do país.
Mas não podemos esquecer que ninguém exerce a cidadania somente de quatro em quatro anos, quando vota. Para que sejamos um país verdadeiramente democrático, temos que fazer o papel de cidadãos todos os dias. Você também.

PLANO DE AULA – ESSE ANO VOU VOTAR
(este plano para quatro aulas – constará :
1- introdução/motivação em língua portuguesa,
2- Transversalidade: cidadania – pleito;
3-simulação do pleito- e poderá também envolver toda a escola e se tornar um projeto)
Tema Curricular - Cidadania e cultura no mundo contemporâneo – Língua Portuguesa: gênero literário; estrutura do texto; conteúdos gramaticais; reconto através da n construção de uma peça teatral ou dramatização da trama contida na crônica.
Nesta aula, as questões, poderão ser trabalhadas também, como cidadania, direitos humanos, organizações políticas, de acordo com o nível de conhecimento prévio dos alunos sobre os temas em referência.
O que o aluno poderá aprender com esta aula:
1-Tema Transversal: Cidadania
Compreender o conceito de democracia;
Refletir sobre o exercício da cidadania e sua relação com o processo democrático;
Participar de um processo eleitoral através de uma simulação
2-Língua Portuguesa: Gênero Literário: Crônica; principais elementos estruturais de um texto: introdução, desenvolvimento, conclusão; elementos de um diálogo; construção de uma peça teatral á partir do texto ou a simulação da trama sugerida na crônica a ser trabalhada; gramática (conteúdos em pauta)
3-Duração das atividades -3 a 4 aulas de 50 minutos
Desenvolvimento
Estratégia de Motivação:
Cada aluno recebe o texto impresso da crônica de Fernando Veríssimo “O Pleito”



O Pleito
Luís Fernando Veríssimo

Como era época de eleição, a professora decidiu fazer um pleito simulado na sala de aula. Não, André pleito não é o que pleru tem na frente. Atenção aula. Para uma eleição é preciso...
_Saco.
_Pare, André. É preciso candidatos. Quem quer ser candidato? Muito bem. Você... você não, André, e você... Cada candidato diz o que pensa em fazer se for eleito. Quem conseguir convencer o maior número de pessoas a votar nele ganha. Vamos começar por você. Carlos Eduardo. Se você fosse eleito, qual seria a primeira coisa que faria?
_Acabava com o colégio.
_Não assopre, André. Fale Carlos Eduardo
_Dava dinheiro pros pobres ahn... construiria mais hospitais, mais escolas e uma sorveteria lá perto de casa.
_Carlos Eduardo, um candidato não pode penar nos seus interesses. Tem de pensar nos interesses de todos. Mas está bom o seu programa de governo. Melhor distribuição de renda, mais atenção à saúde e à educação. Ótimo. E você Rita?
_Meus amigos...
_Não precisa subir na mesa. Fale do chão mesmo.
_Meus amigos! Se eleita, resolverei todos os problemas do Brasil!
_Como, Rita? Você tem que ser mais específica.
_Eu ainda não tenho um plano, mas na hora me dá um estalo. Eu sei que dá.
_Muito bem. A Rita é o tipo de candidato que não tem um programa e em quem você confia ou não confia.Vocês é que vão decidir. E você, Otávio? Faça seu discurso.
_Brasileiros e brasileiras!
_André fique quieto. O Otávio, André!
_Bom eu representarei vocês no governo. O que vocês quiserem eu farei.
_O Otávio é outro estilo de candidato. Então vamos ver. O Carlos tem um programa de governo, a Rita diz que ela, na hora resolve tudo, e o Otávio diz que fará o que pedirem. Vamos votar. Cada um escreve neste papelzinho o nome do candidato, depois coloca nesta caixa. André, distribua os papeizinhos, por favor. Se isto fosse uma eleição de verdade estas seriam cédulas, e isto, uma urna. Cada um vota de acordo com as suas convicções.
_Como se escreve “MacDonalds”?
_Isso é sério, André. Vamos ver quem ganha.
_Primeiro o Otávio, segundo a Rita, terceiro o Carlos Eduardo.
_Como é que você sabe, André?
_Fiz uma pesquisa enquanto distribuía os papeizinhos.
_Podem parar de votar.
_Porque, professora?
_Não tem mais graça.
Todos concordaram que as pesquisas estragam tudo e ninguém falou com o André pelo resto do dia. Apesar de ele acusar todo mundo de ser contra a ciência
_________________________________________________________________________________
Após a leitura silenciosa do texto, proceder com a turma:
1-A leitura do texto pelo professor, com as devidas entonações, para melhor compreensão  do texto.
2-Leitura individual por alguns alunos de acordo com a rotina que o professor tem, em sala de aula, de exercícios de leitura.
3-Interpretação do texto. (pergunte aos alunos)
. Quem participa da história?
. O que acontece na história?
. Quem conta a história?
. Onde a história se passa?
. Quando essa história se passa ou é contada?
. É um fato que acontece na vida real?
4-Provoque os alunos:
Neste momento, a professora vai proceder a compreensão do vocabulário, pedindo que os alunos apontem as palavras que não conhecem.
Descobrir o conhecimento prévio sobre eleições, formas de governo, programa de governo dos candidatos (plataforma política), a importância do voto, (cidadania), voto em branco, voto nulo, pesquisas, pesquisas de boca de urna – provocando a exposição de conhecimentos, do senso crítico, valores, e interesses em relação ao tema central da crônica, pois a partir daí o professor fará o planejamento sobre o tema transversal, enquanto trabalha os conteúdos já planejados em língua portuguesa.
Identificação dos principais conceitos em relação ao PLEITO – como exercício´cicio da cidadania, dividindo a turma em grupos ( 7 grupos com o máximo de 4 alunos)e distribuindo fichas impressas : PLEITO – PROGRAMA DE GOVERNO - VOTO NULO – VOTAÇÃO – PESQUISAS- os grupos vão identificar no texto os conceitos solicitados nas fichas e apresentarem à turma, o último grupo fará a conclusão ( sempre em cada apresentação o professor fará intervenções e provocações de conhecimentos)
5-Identificação dos aspectos textuais – introdução – desenvolvimento – clímax – conclusão.
6-Gênero literário:
A crônica enquanto estilo literário: Ligada à vida quotidiana; Narrativa informal, familiar, intimista; Uso da oralidade na escrita: linguagem coloquial; Sensibilidade no contato com a realidade; Síntese; Leveza; Diz coisas sérias por meio de uma aparente conversa fiada; Uso do humor; É um fato moderno: está sujeita à rápida transformação e à fugacidade da vida moderna. Enfim, é uma história do dia-a-dia, com uma pitada de humor, transformada em textos maravilhosos aí, o humor faz com que fique mais interessante.
Essa é uma característica bem marcante do Luís Fernando Veríssimo
Gramática: o professor vai usar o texto para trabalhar; pontuação ( no diálogo, por exemplo) e os aspectos gramaticais já em desenvolvimento.
Reconto -colocar em discussão as atividades, enfatizando a sua importância:
simulação de um pleito eleitoral –
Atividade extra classe: será solicitado que se manifestem no mínimo 3 (três) candidatos à prefeito(de seus municípios), pesquisem as necessidades da população e apresentem seus programas de governo ( para serem apresentadas na próxima aula e começar a propaganda política à turma ou à escola se for um projeto que envolva toda a escola.


2ª Aula – Tema Transversal – Cidadania: direito de escolher seus governantes
Subsídio ao professor:
Conceituar cidadania e democracia– na linguagem que os alunos possam identificar no seu papel na sociedade.
“...o exercício da cidadania compreende a totalidade dos direitos que o indivíduo tem de desempenhar nas mais diversas funções no tecido social, do ponto de vista individual e social. No cotidiano de cada um, seja criança ou adulto, o conhecimento dos direitos, o reconhecimento dos deveres, a adesão legítima às riquezas das necessidades (mesmo as sociais, culturais e políticas) garantem o princípio de liberdade de cidadania. Isso confere ao cidadão o direito de escolher seus amigos, brinquedos, diversão, o seu emprego, a mulher com quem vai se casar, o número de filhos, o médico que ele vai frequentar, o partido político ao qual vai aderir, as concepções de Estado e sociedade para as quais vai destinar o seu voto, o lugar que ele vai ocupar na sociedade.”Paulo Freire (2007b, p. 30-31):
A educação para a cidadania, deve ser resultante de uma consciência crítica de um sujeito ativo e participativo na vida social com suas leis, deveres e concepção de sujeitos, o que implica aprender a viver a cidadania. e a compreensão da organização política do país –Legislativo, Executivo e Judiciário ( resumir as funções dos três poderes) – como tema impulsionador para uma formação crítica e compreensiva da cidadania imbricada nessa organização, tendo como base a vivência social desses poderes, viabilizadas para crianças do ensino fundamental.
Essa proposta visa contribuir com o desenvolvimento intelectual, social.
Democracia
Democracia – Democracia representativa onde o povo delega seus poderes por meio de eleições;
1-O professor iniciará a aula fazendo alguns questionamentos, tais como:
O que vocês acham que significa democracia?
O que vocês já ouviram falar sobre democracia?
Quando podemos dizer que um país é democrático?
O Brasil é um país democrático?
Vocês já ouviram falar em cidadania, “ser cidadão”, qual seria a ligação da democracia com a cidadania?
Registrar o que os alunos já sabem e procurar direcionar os conteúdos objetivando esclarecer o que ainda não compreendem bem, ou o que gostariam de saber mais.
2-Organizar( com a turma) o pleito:
determinar o tempo de duração do processo eleitoral (uma semana, no máximo)
apresentação dos candidatos
eleger uma comissão eleitoral, que se encarregará de organizar, com a supervisão da professora todo o processo eleitoral;
estabelecer o horário próprio para a propaganda política;
estabelecer regras baseadas nas atuais normas que regem a propaganda eleitora:
-não espalhar papeis com programas de governo pelos espaços da escola (somente nos locais permitidos)
– murais específicos ( na sala ou espaços da escola);
-não oferecem presentes ou gratificações em troca de apoio político;
-não ofender, colocar apelidos, criticar ou combater os programas de governo apresentados pelos concorrentes.
- esclarecer sobre a questão do voto nulo” ser uma forma de faltar com seu direito de exercício da cidadania
- comparecer aos debates quando forem determinados, obedecendo as regras estabelecidas.
- marcar duas reuniões políticas para apresentação dos programas de governos – uma no início outra nas vésperas das eleições`: que se constituírão de apresentação dos programas de governos e responder as questões (entregues por escrito aos candidatos) para esclarecer dúvidas.
- proibir a pesquisa (tipo “boca de urna” esclarecendo como é prejudicial aos resultados verdadeiros da eleição - lembrando que é proibido por lei.
- estabelecer o dia da votação e apuração;
Sugestões de atividades:
Levar urna eletrônica para os alunos fazerem a simulação da votação;
Elaborar mural com informativos sobre a eleição.
Convidar um candidato para ir à escola esclarecer as dúvidas das crianças sobre o voto.
Trabalhar os deveres dos políticos.
Trabalhar com tipos de propaganda.
Valorizar talentos (através de comício eleitoral).
Apresentar propostas eleitorais feitas pelos alunos candidatos.
Trabalhar a importância da política na vida dos cidadãos.
Simular programas de TV e rádio na realização de debates entre os candidatos.
Realizar visitas a casas legislativas (câmara de vereadores, prefeituras…).
Uma grande sugestão: solicitar ao TRE (Tribunal Regional Eleitora) o empréstimo de urnas eletrônicas programadas com os nome e fotografias dos candidatos, uma vez que os TREs estão levando para a escola o projeto “~Eleitor do Futuro” com os mesmo objetivos destas aula/projeto. Levando o projeto escrito e fazendo a solicitação, vale a pena tentar!
Conclusão
A realização da votação, com os fiscais de cada candidato, cédulas autenticadas, e similares de urnas .
Apuração dos votos: alunos escolhidos para proceder a apuração com supervisão da professora, e os fiscais dos candidatos.
Declaração dos resultados posse com faixa, discurso de posse (cada aluno deverá ter pronto, previamente, caso seja eleito) e comemoração.
Avaliação
A avaliação deverá ser realizada durante todo o processo, observando a participação dos alunos, bem como a realização das atividades.
Enriqueça seu projeto adequando às necessidades e sua turma: formação de valores e conteúdos curriculares – esta é apenas uma sugestão!
Por: Júlia Virginia de Moura – Pedagoga
Fonte de pesquisa:
Fonte
Veríssimo, Luís Fernando. O santinho. Apresentação Maria Clara Machado. Rio de Janeiro.Objetiva,2001
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36
ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2007ª.
RODRIGUES, Neidson. Da mistificação da escola a escola necessária. 8 ed. São Paulo:
Cortez, 1998.
MEC – Parâmetros Curriculares Nacionais – Temas transversais






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios