BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, março 01, 2015

Óculos de ouvido>Inclusão>O silêncio de Júlia> Estímulos literários>01/03/2015


alt
ÓCULOS DE OUVIDO
AUTORA: LIANA S. BOTELHO DE PAULA
ILUSTRADOR: JULIANE ASSIS
TEMAS:
Deficiência auditiva, Libras.

SINOPSE:

José é uma criança com deficiência auditiva.
 Ele conta sua história de vida – desde bebê até sua entrada na escola – marcada pela adaptação ao aparelho auditivo e à aprendizagem da Libras, a Língua Brasileira de Sinais. 
O livro traz imagens com alguns exemplos de comunicação e do alfabeto manual em Libras.

SUGESTÕES DE ATIVIDADES:

•Conhecer e aprender o alfabeto manual em Libras;
•Aprender o próprio nome através da Língua Brasileira de Sinais.

AQUI FONTE
A história...
José nasce sem ouvir,  e percebe que os pais o levam para fazer exames.
Ele até imagina os bebês nas carteiras escolares...
O teste da orelhinha diz que José não ouve.
Tio Edu e tia Jana dizem que José precisa de uma prótese auditiva.
Óculos de ouvido ou aparelho de amplificação sonora individual é o nome do aparelho.
Tia Jana é fonoaudióloga e  brinca com José no consultório com sons das letras,  para que ele aprenda a falar e ouça o "barulho do mundo".
Libras é a linguagem dos surdos e José entra neste universo.
Nesta história existem alguns sinais básicos bem legais.
 As paredes têm ouvidos

As Parede Têm Ouvido


Diz o ditado que “as paredes têm ouvidos”, mas “não é ouvido de gente,/ mas ouvido inventado/ com outro significado...” O provérbio que dá título a este livro, assim como tantos outros, pertence ao imaginário popular, ao acervo oral da humanidade. 
De fácil memorização por parte do falante, os provérbios fazem parte do repertório das crianças, antes mesmo da alfabetização. 
É a cultura popular se manifestando por meio de imagens, de combinações poéticas, imprimindo na infância a visão mágica do mundo. 
“O dito popular é invento,/ brincadeira da infância/ no quintal do tempo.” De forma lúdica, bem ao gosto da criança, Fátima Miguez trata, assim, os provérbios divertindo o pequeno leitor e todos aqueles que embarcam na fantasia dessa tradição folclórica. 
As ilustrações de Cristina Biazetto dialogam com o clima bem-humorado do texto, dando asas à imaginação do leitor a promover uma pausa criadora de sugestivos significados.


“O Silêncio de Júlia”, promete encantar e enternecer. O livro, escrito pelo poeta e romancista belga Pierre Coran, é uma sensível história de amizade entre Júlia, uma garota com deficiência auditiva, e André, seu novo vizinho. Juntos, vão descobrir a importância de entender e aceitar o outro, independentemente de suas dificuldades e diferenças.
Júlia é uma garota feliz, brinca como toda criança comum, mas vive solitária. Seu mundo não tem sons, fato apresentado pelo autor com muito respeito e sutileza. Com experiência em educação infantil – foi professor primário ao longo de sua carreira -, o autor não faz da surdez de Júlia um assunto tabu. Pelo contrário: a personagem é uma menina que faz de tudo para criar vínculos com o exterior, entendendo sua deficiência não como um obstáculo, mas sim como uma forma diferente de decifrar as coisas ao redor.
Quando André se muda para a casa ao lado da de Júlia, a garota finalmente encontra um companheiro de brincadeiras. No começo, ele não se mostra feliz em estar longe de seus antigos amigos. Como não pode usar palavras, Júlia inventa várias formas de chamar a atenção do menino. Mesmo sem se comunicar por meio da fala, surge uma grande amizade entre eles. A superação de suas diferenças é o maior aprendizado de Júlia e André.   Fonte
Mais da história...
O jardim da casa de Júlia era o paraíso dos pássaros, mas ela não os ouvia.
Não escutava o ronronar do gato, nem o latido dos cães, ou o barulho do avião.
Julia não ouvia, mas sentia os batimentos do seu coração, que batiam forte, ansiosa pela chegada do André, seu novo vizinho.
Eles tinham a mesma idade, mas ela ainda não o tinha visto.
Ela imaginava como seria ele... pensava que quando ele a avistasse, viria correndo em sua direção,
faria um sinal ou lhe daria um abraço.
E quando ela, finalmente, vê o novo vizinho. O garoto é mesmo como ela imagina: alto, cabelos loiros, mas não está sorrindo... pelo contrário, estava de mau humor.
Ela vai até ele, agitando os braços. André a vê. Júlia sorri, mas André lhe mostra a língua e vai embora.
Júlia ficou surpresa, mas não fica zangada.
Tenta uma nova aproximação. André repara... Ele então olha para Júlia que lhe sorri docemente, o garoto se aproxima dela e grita "Vá embora daqui!" - dessa vez Júlia ficou triste.
Passam os dias.. Júlia ainda tenta se aproximar, mas André sempre hesita, ele tem medo daquela menina que fala com as mãos e não diz uma só palavra.
André desaparece por causa de uma infecção nos dois ouvidos.
Ele não consegue ouvir mais nada, e sua garganta está tão irritada que ele mal consegue falar.
E então lá vem André, com um gorro de lã tampando o ouvido e um cachecol grosso em volta do pescoço.
Ele se aproxima e grita "Oi Júlia!"
Ela teve vontade de gritar também, mas não pode fazer isso, e dessa vez quem sai correndo é a Júlia.
Agora André sorri para a Júlia, mas agora quem não tem vontade de ir encontra-lo.
E em um sábado é dia da festa do vizinho. Julia não está mais triste. André sorri o tempo todo, ele conversa com Júlia e já sabe que não adianta gritar, pois a Júlia é surda.
Então ela lê seus lábios, e responde fazendo sinais.
Júlia e André se divertem.
Os dois então se tornam grandes amigos, e para eles - e só para esses dois, o silêncio se tornou uma voz que ninguém mais consegue escutar.. nem mesmo os passarinhos!


Palavra tem segredo?

“Palavra tem segredo?” é um livro infantil da fonoaudióloga Luciana Célia e do ilustrador Ricardo Machado. 
A obra facilita o acesso das crianças à produção literária, através da ludicidade e da interação.
 Além do público infantil, busca atingir o interesse de profissionais da área da educação e da cultura, pais e crianças na faixa etária da educação infantil ao ensino fundamental.
Trata-se de um grande poema com 14 estrofes. 
Para uma melhor visualização, a obra traz em cada estrofe uma palavra grifada, a qual instigará o leitor a buscar o segredo contido nela (ou seja, uma nova palavra). 
Cada estrofe é ilustrada em duas páginas, sendo que numa delas há um “pop-up”, ou seja, uma ilustração que se destaca por dobra e vinco. 
Somente embaixo do “pop-up” o segredo será revelado, de três formas diferentes:
 1. com o respectivo desenho, 
2. com o nome escrito no alfabeto em português e 
3. no alfabeto em LIBRAS.

O livro é pequeno, pode ser manuseado facilmente pela mãozinhas de nossas crianças, tem ilustrações divertidas, dobraduras (como se fossem “portinhas”) e enigmas! 
A cada página virada surge um desafiando as crianças a procurarem a palavra escondida dentro de outra. 
Os enigmas são acessíveis para crianças pequenas, principalmente se dermos uma ajuda com a entonação na hora da leitura. 
Abrindo a “portinha” a criança encontra a palavra que é resposta para o enigma. A palavra vem em português e em LIBRAS (Língua brasileira de sinais) e ao final do livro é apresentado o alfabeto manual.

palavra3






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios