BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, novembro 15, 2012

A casa feia>Cada um mora onde pode> Estímulos literários>15/11/12

A casa feia


Livro:
Para colorir
Objetivo
Despertar nas crianças o interesse em ouvir histórias narradas, a fim de desenvolver nelas a criatividade de imaginação para a construção de histórias similares
Fonte do recurso



COMO AS VIVÊNCIAS DAS CRIANÇAS
PODEM CONTRIBUIR PARA INTRODUZIR O CONCEITO DE MORADIA?
 
Autor :ALINE RODRIGUES CANTALOGO
  ■Reconhecer a moradia como espaço de convivência familiar;

■Identificar os diferentes tipos de moradias a partir de imagens e fatos do cotidiano;

■Analisar e relacionar as diferentes moradias com as condições de vida das famílias;

■Perceber o texto jornalístico enquanto leitura da realidade cotidiana;

Duração das atividades

Aproximadamente 300 min – 5 atividades de 60 minutos cada uma.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Para desenvolver este trabalho é importante que os alunos já dominem a leitura e a escrita de pequenos textos. Além disso, é importante que saibam fazer uso de recursos do Classmate como: WxCam, KWord e o Mozilla Firefox.

Estratégias e recursos da aula

Professor, nossa proposta se baseia em uma abordagem interdisciplinar, ou seja, pressupõe um diálogo entre diferentes áreas do conhecimento.
Assim, vamos utilizar a Língua Portuguesa, por meio de alguns textos jornalísticos para trabalhar com o conceito de moradia dialogando com a Ciência Geográfica, a História e contextualizando a partir da leitura e interpretação das imagens e dos textos.



1° MOMENTO: APROXIMADAMENTE UMA AULA DE 60 MIN

INTRODUZINDO O TEMA

Para desconstruir os estereótipos sobre “moradia” e aguçar a curiosidade dos alunos, inicie a aula com a clássica canção “A casa” de Vinícius de Moraes e Renato Contente.
Para isso, utilize o laptop dos alunos e acesse o vídeo disponível no You Tube em
 http://letras.terra.com.br/vinicius-de-moraes/49255/.
Utilize o Mozilla Firefox [Metasys>Favoritos>Navegador de Internet] .

Posteriormente, questione os alunos:

-Como é a sua casa?

-É igual ou diferente da casa da música?

-Qual era o endereço da casa falada na música?

-Dentre outros.

Depois, solicite que relembrem algumas características da casa citada na música e desenhem como seria esta casa, uma casa sem teto, sem parede, dentre outras características.

Após, questione como seria possível morar nesta casa e como seria uma casa adequada para morar nela.

Anote as respostas dos alunos para que, após os estudos e a construção de novos conhecimentos, possam observar se o conceito de moradia permanece o mesmo ou modificou.



2° MOMENTO: APROXIMADAMENTE UMA AULA DE 60 MIN.

CONHECENDO NOSSO BAIRRO

Em roda, discuta com os alunos da possibilidade de conhecermos as casas que compõem a região no entorno da escola com um olhar mais crítico, percebendo questões como o regionalismo, condição sócio-econômica, aspectos infra-estruturais como saneamento básico, asfalto, energia elétrica, dentre outros.

Solicite que observem os detalhes que vão para além das casas em si, mas que as tornam moradias melhores para se viver.

Para este momento, é importante que os alunos levem seus netbooks e registrem com fotos as residências, utilizando o programa WxCam, instalado na área de trabalho ou acessando: [Metasys>Aplicativos>Multimídia>WxCam].

Como o trajeto será pequeno, não haverá necessidade de transporte, mas lembre-se de solicitar autorização das famílias, com um bilhete que conste horários de saída e chegada, a necessidade de uniforme e data.
Solicite também que outra pessoa acompanhe seu trabalho fora da escola.

Solicite também que outra pessoa acompanhe seu trabalho fora da escola.



3° MOMENTO: APROXIMADAMENTE UMA AULA DE 60 MIN.

SERÁ QUE TODOS TÊM AS MESMAS CONDIÇÕES DE MORADIA?

Para ampliar os conhecimentos dos alunos, oportunizando que conheçam as moradias de diferentes regiões de nosso país, a sugestão é socializar com os alunos um texto do sítio SmartKids, que trás muitas curiosidades sobre casas e que possui uma linguagem adequada ao público infantil.
Está disponível em:
http://www.smartkids.com.br/especiais/casa-e-habitacao.html,
e pode ser acessado com o auxílio do Mozilla Firefox [Metasys>Favoritos>Navegador de Internet].
Imprima e cole no caderno de Língua Portuguesa dos alunos.

Depois, solicite uma pesquisa, também na internet, para que procurem imagens que ilustrem os diferentes tipos de casa já mencionados.
Para isso, poderão utilizar novamente o Mozilla Firefox [Metasys>Favoritos>Navegador de Internet].

Por se tratar de uma pesquisa, não é possível prever os sítios que utilizarão, mas seguem algumas sugestões.

http://www.slideshare.net/straubesandra18/tipos-de-moradias

http://escolakids.uol.com.br/a-casa.htm

http://www.google.com.br/search?q=TIPOS+DE+MORADIAS&oe=utf-8&rls=org.mozilla:pt-BR:official&client=firefox-a&um=1&ie=UTF-8&tbm=isch&source=og&sa=N&hl=pt-BR&tab=wi&biw=1264&bih=646



4° MOMENTO: APROXIMADAMENTE UMA AULA DE 60 MIN.

SOCIALIZANDO

Antes de iniciar este momento, reúna as fotos feitas durante a aula passeio, realizada pelo bairro e as fotos selecionadas na internet e imprima-as.

Isso porque, além das diferenças já citadas, existem fatores como as diferentes paisagens que compõem o entorno das casas, sendo necessário um trabalho nesta perspectiva.
Faz diferença se a moradia está em um espaço urbano ou rural, se é frio ou quente, dentre outros. Assim, propomos uma atividade que trabalhe estas questões.

Para isso, leve para sala canetinhas, giz de cera e algumas cartolinas, aproximadamente seis. Solicite então que desenhem diferentes paisagens:

1- A paisagem de um lugar quente e no meio urbano;

2- A paisagem de um lugar quente e no meio rural;

3- Um lugar muito frio;

4- Um lugar com muita água, muitos rios;

5- Floresta;

6- -Dentre outros.

Após, solicite que classifiquem as figuras das moradias, colando-as nas paisagens a que pertencem.
Exemplo: algumas regiões não possuem casas de palafitas.

Depois, organize os alunos em rodinha e questione-os sobre as diferenças e semelhanças entre as casa de nosso bairro e as imagens selecionadas na internet.
Questione-os também em relação à estrutura física (material utilizado, altura, formato, etc.) e a infra-estrutura (asfalto, saneamento básico, etc.)

Crie uma lista na lousa, que destaque estas semelhanças e diferenças.

VEJA EXEMPLO

SEMELHANÇAS

TETO

PAREDES

PORTAS

DIFERENÇAS

MATERIAL (PALHA, BARRO, MADEIRA, BLOCOS DE GELO)

O LUGAR

UMAS TÊM A RUA ASFALTADA, OUTRAS NÃO.

Depois, questione:

-Quais fatores vocês acreditam que se devem essas diferenças?

- E as semelhanças, se existem, por que existem?
-Esteja atento, professor para que as questões sociais possam aparecer e serem debatidas, mas sempre com o cuidado de evitar constrangimentos.

Ao final, as fotografias poderão ser anexadas em um mural da sala, compondo assim os registros do trabalho.

Com o objetivo de valorizar as vivências dos alunos e promover aprendizagens mais significativas, solicite que pesquisem em casa:

Onde você mora? Crie um pequeno texto que conte:

-Seu endereço;

-Como é a sua rua;

-Que material utilizaram para construir sua casa;

-Quem mais mora na sua casa;

-Conte alguma curiosidade ou novidade sobre sua casa.

Solicite que façam uma entrevista com um adulto, perguntando questões relativas a sua moradia e, ao final, que escrevam um pequeno texto com as falas mais importantes na entrevista.



5° MOMENTO: APROXIMADAMENTE UMA AULA DE 60 MIN.

O TEXTO JORNALISTICO ENQUANTO LEITURA DO COTIDIANO

Professor, inicie este momento solicitando que socializem as tarefas, lendo seu texto para os amigos.

Num segundo momento, pesquise se em sua cidade ou região possui, nos sítios de exibição de vídeos, reportagens que contemplem o tema moradias, como esta, feita na cidade de Uberlândia, Minas Gerais: http://www.youtube.com/watch?v=tb7gVDQSJ0Q, sobretudo aquelas que abordam os danos causados a elas, por fenômenos naturais, como chuva e enchente, ventos, deslizamentos e outros.
Caso não tenha, você poderá selecionar uma reportagem socializada nacionalmente como esta, da Região Serrana do Rio de Janeiro:
http://www.youtube.com/watch?v=jSLot_OSchE  .

Chame a atenção dos alunos para que percebam a função social do texto jornalístico enquanto fonte de informações do cotidiano, mas destaque que é fundamental uma leitura crítica, pois nem tudo que lemos é totalmente verdade, depende do veículo de comunicação (jornal), de sua credibilidade.

Posteriormente, solicite que elaborem um pequeno texto com o que cada um acredita ser a causa do problema, o que pode ter acontecido com as pessoas destas casas, onde elas irão morar depois disto, como situações como enchentes poderiam ser evitadas, dentre outros questionamentos.
Dessa forma, além da oportunidade de fazerem uma leitura mais crítica sobre as situações enfrentadas por pessoas que têm suas moradias afetadas, os alunos poderão fazer uma tentativa de escrita que, por ser contextualizada, pode ser mais motivadora.
Ao final, retome as falas iniciais dos alunos e crie um quadro comparativo para que você e os alunos possam observar o que sabiam sobre o tema (hipóteses iniciais), as estratégias para a construção de novos conhecimentos (o que fizemos) e o que sabemos agora.
Recursos Complementares
Livro: A Casa Feia, de Eliardo França, Editora Ática.
Livro: Cada um mora onde pode, de Ziraldo, Editora Melhoramentos.



a casa onde cada um mora

Brincando com as letras e as frutas, o bichinho da Maçã se lembra das casas de alguns de seus amiguinhos e as analisa, para concluir que melhor mesmo é a sua própria casinha. 
O livro traz de forma alegre e divertida a importância da nossa casa e a relação com ela. 

Livro
Atividades
Projeto

Avaliação
Professor, por meio da avaliação devemos verificar se alcançamos o que nos propusemos, ou seja, se as atividades, mobilizaram os alunos e possibilitaram uma reflexão sobre as diferenças entre os tipos de moradias, as paisagens onde se localizam e os motivos que levam a essas diferenças. Observe se eles perceberam que a moradia existe em função de um contexto familiar, pois é a forma de abrigar as pessoas, de dar segurança, mas que nem sempre as famílias conseguem as mínimas condições necessárias, além dos possíveis motivos para problemas com as moradias.

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=36013



A CASA FEIA

O gato fez uma casa.
Veio o rato e falou:
- Hum! ... Que casa feia!
Casa bonita tem telhado.
Ilustre o texto.

Logo, logo o gato fez o telhado.
Veio o pato e falou:
- Hum!... Que casa feia!
Casa bonita tem varanda.
Ilustre o texto.

O gato fez uma varanda.
Veio o bode e falou:
- Hum!... Que casa feia!
Casa bonita é pintada.
Ilustre o texto.
E o gato pintou a casa.
Mas ele falou:
- Hum!... Casa bonita tem jardim.
Ilustre o texto.

Veio o rato, veio o pato, veio o bode de novo.
- Nossa! Que casa linda! – Eles disseram.
E o gato convidou todos para entrar.
Ilustre o texto.

2- A CASA FEIA - Interpretação do livro.
Relacione abaixo as personagens:
1 - .....................................................................
2 - .....................................................................
3 - .....................................................................
4 - .....................................................................
O que o gato estava construindo?
O que ele fez quando a casa ficou pronta?
Dê um nome para o gato.
Desenhe a personagem que você mais gostou:
http://blogdavaleria-val.blogspot.com.br/2010/11/projeto-anual-colecao-gato-e-rato.html

Projeto moradia:
http://sabidinhosdaioio.blogspot.com.br/2011/09/projeto-moradia.html

Plano de aula:Tipos de moradia
Objetivos
· Identificar os tipos de moradias existentes no nosso planeta;
· Demonstrar as moradias através do diálogo, dos desenhos e das produções;
· Ler e interpretar o poema “A casa e seu dono”;
· Refletir o livro “Cada um mora onde pode” de Ziraldo;
· Ilustrar as moradias em que vivem;
 Conteúdo
· Leitura,
· Reflexão,
· Produção.
Metodologia:
· Iniciar a aula falando do tema moradia, conversar com os alunos sobre as casas em que eles vivem, como é, se gostam delas e logo perguntar sobre os tipos de casas que temos em nossa realidade e no mundo de maneira geral;
· Depois será lido o livro cada um mora onde pode de Ziraldo e a medida que será lido ir explorando as falas do bichinho da maçã, as imagens e os lugares que aparecem no livro;
· Em seguida entregar o texto poético – a casa e seu dono de Elias José – pedir que leiam em silencio e em seguida ler juntos e logo refletir sobre as moradias de cada animalzinho que aparece na poesia;
· Entregar para cada aluno uma atividade referente ao texto poético “A casa e seu dono” e pedir que completem;
· Apresentar para os alunos a história dos três porquinhos com palitoches explorando as moradias de cada porquinho;
· Em sala de aula, refletir a história dos três porquinhos;
· Como tarefa de casa cada aluno irá ilustrar sua casa do jeito como souber;
Avaliação/monitoramento da aprendizagem
Na análise dos conhecimentos prévios dos alunos durante as leituras,
Na interpretação, nas atividades escritas e ilustradas;
 Atividade Extra classe – ilustrar individual a casa onde mora.
 Material de Apoio
Livro, caderno, lápis, Quadro, pincel, palitoches, lápis de cor, câmera digital

POESIA A CASA E SEU DONO
Elias José

ESSA CASA É DE CACO
QUEM MORA NELA É O MACACO.
ESSA CASA É DE CIMENTO
QUEM MORA NELA É O JUMENTO.
ESSA CASA É DE TELHA
QUEM MORA NELA É A ABELHA.
ESSA CASA É DE LATA
QUEM MORA NELA É A BARATA.
ESSA CASA É ELEGANTE
QUEM MORA NELA É O ELEFANTE.
E DESCOBRI DE REPENTE
QUE NÃO FALEI EM CASA DE GENTE
AGORA UTILIZE DESENHOS PARA SUBSTITUIR AS PALAVRAS QUE ESTÃO FALTANDO:

A CASA E SEU DONO
Elias José



ESSA CASA É DE CACO
QUEM MORA NELA É O
ESSA CASA É DE CIMENTO
QUEM MORA NELA É O
ESSA CASA É DE TELHA
QUEM MORA NELA É A
ESSA CASA É DE LATA
QUEM MORA NELA É A
ESSA CASA É ELEGANTE
QUEM MORA NELA É O
E DESCOBRI DE REPENTE
QUE NÃO FALEI EM CASA DE
ESTA EU CRIEI - OS ALUNOS FIZERAM COM FACILIDADE.
OBSERVE AS PALVRAS A BAIXO E COLOQUE CADA
UMA DELAS NO LUGAR ONDE AS RIMAS COMBINAM:
Gabriela - Tucano - Sereia
Vovó - Coelha


    http://ensinarexigealegria1.blogspot.com.br/2012/08/aula-sobre-moradia.html

Muitas atividades sobre casas:
https://picasaweb.google.com/professoracleides/CasaTextoEAtividades#






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios