BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2016
7 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, dezembro 09, 2016

Um,dois,três,agora é sua vez>Estímulos literários>09/12/2016

Resultado de imagem para um dois tres agora é sua vez ana maria machado plano de aula

Um, dois, três,
venha contar comigo,
quatro, cinco, seis,
conte com seu amigo,
agora é sua vez.
Sem erro, não tem perigo.

Neste livro as crianças aprenderão a contar rimando! 
Ou seria a rimar contando?
... O que podemos garantir é que nessa brincadeira entre matemática e poesia, a diversão é garantida!

Atividades

Vamos somar?






Link para essa postagem


quinta-feira, dezembro 08, 2016

O show da Luna>Estímulos audiovisuais>08/12/2016

Resultado de imagem para o show da luna

Você conhece a Luna? 
É uma garotinha de seis anos apaixonada por ciência e que usa experimentos e a imaginação para fazer muitas descobertas.
 Ela é a personagem principal de um desenho animado que faz muito sucesso no Brasil e em outros países: “O Show da Luna!”.
 Esse desenho é voltado para crianças em idade pré-escolar – mas temos certeza que você também vai se encantar com as aventuras de Luna, seu irmãozinho Júpiter e o furão Cláudio!
Luna é uma menina muito curiosa, e tudo que acontece no seu dia a dia pode gerar uma pergunta sobre ciência. Em cada episódio, ela se junta a Júpiter e Cláudio para levantar hipóteses, fazer experiências científicas e brincar de faz-de-conta para encontrar as respostas, que sempre viram uma música. E como uma verdadeira cientista, Luna não para por aí – mesmo depois de saber a resposta para sua dúvida, outras perguntas surgem no final, para deixar as crianças ainda mais curiosas.
“O Show da Luna!” é uma animação brasileira, criada por Celia Catunda e Kiko Mistrorigo, que também criaram o desenho “Peixonauta”. O músico e compositor André Abujamra é o responsável pela direção musical. Você pode conferir as duas temporadas do desenho no canal público TV Brasil e no canal pago Discovery Kids. Também dá para assistir a alguns episódios da primeira temporada no canal de “O Show da Luna!” no YouTube, que ainda tem clipes musicais e vídeos com experimentos inspirados nos episódios. Separamos três episódios para você conhecer:
Como a banana nasce se ela não tem semente? 
A hipótese de Luna foi que a própria banana seria como uma semente. 
Será que é a resposta certa?
Para conversar com as crianças
  • Um dos pontos a ser abordado com as crianças é sobre as descobertas, aproveitando as perguntas e os temas levantados por Luna e seus amigos para estimular as crianças a aprender coisas novas, fazer perguntas e aguçar a curiosidade. Você gosta de descobrir coisas novas? Qual o seu tema favorito? Você quer aprender mais sobre ele? Aproveite temáticas como astronomia e paleontologia para buscar outros vídeos e conteúdos relacionados na internet para explorar com o seu filho.
  • Como uma boa cientista, Luna possui muitas ferramentas legais, como binóculo, luneta, telescópio, microscópio. Tente explorar ferramentas como essa que você possui em casa, e criar brincadeiras envolvendo esses objetos com o seu filho, descobrindo coisas novas na sua casa, no quintal, na rua, no bairro onde moram.
  • Outra curiosidade bem legal é que os amigos de Luna tem nomes que lembram cientistas famosos, como o carteiro Edson (Thomas Edison) e o padeiro Nilton (Isaac Newton). Que tal aproveitar essa “deixa” e contar para o seu filho a história desses cientistas e de suas descobertas?
  • A série também traz exemplos muito legais de vida: Luna e Júpiter aparecem comendo comidas saudáveis, o pai deles possui uma horta bem legal em casa e é ele quem cozinha, a mãe aparece trabalhando em um notebook. Esta é uma série que apresenta exemplos que fogem ao estereótipo sexista, com um ponto de vista mais contemporâneo. A protagonista é uma menina que sonha em ser cientista, e não usa roupas cor-de-rosa. Ela por exemplo tem um pijama fofo com a ilustração de um átomo!
Que sejam produzidas mais histórias assim para nossas crianças!

Episódios e Fonte

Atividades/Maternal

Desenhos para colorir

Como a água vira chuva
Episódio






Link para essa postagem


quarta-feira, dezembro 07, 2016

Beijo de bicho>Onomatopéias+ estímulos> 06/12/2016


As parceiras Rosângela Lima e Anielizabeth transformam a paixão das crianças pelos animais em uma deliciosa brincadeira de descobrir os beijinhos de cada espécie. 
Com rimas leves e desenhos coloridos como a alegria dos pequenos leitores, a história desperta o carinho por bichos da terra, da água ou do ar, possibilitando aprender mais sobre suas características e hábitos de forma lúdica, assim como cultivar a importância do afeto e do acolhimento.

Beijo de bicho

Brincando com os beijos de vários bichos, 
a criança descobre diversas onomatopeias. 
Como é o beijo do elefante, tão grande? 
E o beijo do pavão, com sua enorme cauda multicolorida? 
Projeto

  1.  PLANEJAMENTO: SEQUÊNCIA DIDÁTICA
  2.  PROFESSORA: Marciana Maria da Conceição Guesser
  3. 2. CONTAÇÃO DE HISTÓRIA Beijo de Bicho
  4. 3. Após a contação de história, foi feita a interpretação oral e a professora lê cada estrofe dando ênfase nas palavras com rimas que apareciam no texto. No quadro a professora ia copiando as palavras e destacando as rimas. Em seguida foi feito um painel com o texto onde as crianças circulavam as rimas com lápis colorido. Depois fizeram recortes para ilustrar o texto.
  5. 4. Num outro momento, cada criança foi convidada a ir ao quadro escrever o nome de algum dos animais da história que lembrava fazendo uma lista. Terminando esta lista, a professora pediu que as crianças colocassem esses nomes em ordem alfabética. Também foram feitas atividades como caça-palavras, cruzadinhas, desenho da história, completar palavras, contar quantidade de letras, dobraduras...    AQUI
Mais bichos
Sugestão
Idade das crianças: 2 a 3 anos

O prazer em ouvir histórias começa bem cedo. Os bebês ficam atentos de olhos arregalados ouvindo uma história em voz alta.
Ler cria vínculos afetivos importantíssimos na vida de uma criança favorecendo assim o amor pela leitura desde o berço.
È comum elas pedirem para ler várias vezes a mesma história o mesmo acontece com as perguntas feitas por elas, que vão e voltam na tentativa de compreensão ou pura e simplesmente de alegria e satisfação pelo o que ouviu.
Um texto bem lido estimula o imaginário, facilita a compreensão, desvela sentimentos e significados no mundo das palavras.

Objetivos:
  • Oferecer momentos de diversão, descontração por meio da leitura.
  • Brincar de pensar.
Seqüência
  1. Explorar a capa do livro.
  2. Ler a história.
  3. Brincar com as rimas.
  4. Explorar sons e gestos
  5. Deixar as crianças manusearem o livro.
Nota:Organizar a leitura num ambiente  convidativo e no melhor horário da rotina.


Link para essa postagem


A operação do tio Onofre>Conto e suspense> 07/12/2016


A operação do tio Onofre é uma história policial de Tatiana Belinky, onde uma menina muito esperta resolve fazer uso de suas inúmeras artimanhas, em meio a rimas, numa situação de muito perigo.

Vale a pena conferir!




Vejam a história
Slides
Aula
Atividades





Link para essa postagem


Que cardápio>Estímulos e imaginação alimentar>Rimas>07/12/2016



Você já comeu strogonoff de gafanhoto?
 E suflê de crocodilo? 
Por meio de brincadeiras como essa, Tatiana Belinky provoca o leitor com receitas inusitadas. 
Se você achou esses pratos um pouco estranhos, aceite o convite de Tatiana Belinky para saborear outras iguarias ainda mais inusitadas.
 Eixos temáticos: imaginação, alimentação, poesia, rimas 
Interdisciplinaridade: língua portuguesa, ciências

Atividades





Link para essa postagem


terça-feira, dezembro 06, 2016

Um gato no telhado>Travessuras e estímulos>Telhado de gatos>Adoção>06/12/2016


Renato era um gato que via muito televisão e vivia fazendo arte. Nem quando sua mãe o colocou de castigo ele se comportou. Mas acaba mostrando que quem é esperto aprende coisa útil em todo canto.

Esse livro conta a história de Renato, um gatinho que gosta muito de brincar. E no meio de uma de suas aventuras quebrou o espelho de sua mãe... rapidamente tentou esconder todos os pedaços do espelho em uma caixa e colocou a caixa em seu bolso.
Quando a mãe pergunta o que aconteceu, Renato diz que não viu nada. Então sua mãe o deixa de castigo: não por causa do espelho, mas por causa da mentira que contou, já que ela pode ver que o armario dela estava bagunçado e o espelho quebrado.
O gato Renato ficou de castigo perto da janela, e lá fora passou Vadico, um outro gato, que chamou Renato para passear. Mesmo estando de castigo, Renato não resistiu e saiu para passear com Vadico pelos telhados.
Renato estava adorando passear pelo telhado, ver o jardim todo lá embaixo, as casas do outro lado da rua, o alto das árvores... mas ele não podia ficar olhando muito, pois Vandico era um gato muito rápido, e já estava pulando para o telhado vizinho.
Passaram por muitos telhados diferentes, um com terraço cheio de roupas secando, por telhados velhos, passaram por chaminés, viram uma porção de antenas de televisão de todos os tamanhos... De repente Renato viu a torre da igreja com um relógio e um sino, e quis olhar mais de perto, e saiu correndo para olhar, Vadico correu para outro lado e aquela altura já estava longe.
O gato Renato ficou sozinho.. e já nem estava achando a torre da igreja tão bonita assim. Queria sua casa, seu quarto. Já estava com saudades do seu castigo, ele sabia que não podia sair de casa sem pedir a sua mãe... A torre da igreja era muito alta, ele tinha medo de descer. Como é que ele ia voltar para casa?
Ele gritou pela mãe, pelo pai, pelo super-gato e pelo bat-gato.. mas ninguem ouviu ele chamar! Dona Mimi, mãe de Renato, estava ali bem perto.. lá embaixo, procurando por Renato, Mas a voz de Renato era baixinha e não dava para ela ouvir seus miadinhos.
Então ele achou o espelho na caixinha dentro do bolso, e teve uma ideia genial! O brilho do sol batia no espelho e voltava para o outro lado. Tanto mexeu, tanto brincou era seu filho que estava fazendo sinal!
Dona Mimi falou com os bombeiros e eles trouxeram uma escada enorme e conseguiram pegar Renato lá em cima da torre da igreja! Ele estava tão assustado, que Dona Mimi nem zangou com ele.
E quando a mãe de Renato perguntou como ele tinha tido uma ideia tão boa, ele respondeu que tinha aprendido nos filmes da televisão! E a mãe do Renato chegou a conclusão que esse menino não tem mesmo jeito!

Uma aula felina

Atividades
Adoção de animais
Resultado de imagem para telhado de gatos tyanne Maia

O livro Telhado de Gatos nasceu do desejo de ajudar os animais através da educação das crianças. Ensiná-las a amar e respeitar animais carentes!
O livro conta a história de uma garota: ela percebe que seu telhado não é composto de telhas e, sim, por vários gatos que vêm visita-la todas as noites para cantar à luz do luar!
Ela percebe ainda que todos os que vêm para seu telhado são gatos de rua e sem dono! 
Então lhe surge a ideia para ajudar a conseguir lares cheios de amor e carinho para esses lindos gatos artistas!
O livro foi produzido de forma totalmente independente, através do apoio de 180 pessoas que acreditaram no projeto! Isto foi possível graças ao Catarse, um site de financiamento coletivo (http://catarse.me/pt/telhadodegatos). Hoje o livro é uma realidade e está começando a ganhar os lares das crianças!
O projeto do livro teve ainda a sua contribuição social e possibilitou a castração de mais de 20 animais carentes!
Eu desejo que você tenha o prazer de curtir essa história cativante e emocionante!
Tyanne Maia





Link para essa postagem


segunda-feira, dezembro 05, 2016

Currupaco papaco>O papagaio tagarela>Estímulos literários>05/12/2016


Papagaio louro, do bico dourado, Currupaco não gostava de ficar parado!
 Em vez de passar toda a vida num poleiro, queria ir embora, conhecer o mundo inteiro.
 Por isso num navio aceitou embarcar, para ser o mascote de um lobo do mar. 
LIVRO CURRUPACO PAPACO
História

Atividades

Desdobramentos
Quem conta um conto...

Estava o Tatu, belo e formoso, posto em sossego, cochilando à tardinha, ali naquele morrinho, debaixo de uma árvore, quando a Paca chegou correndo, gritando que nem uma doida:

- Eu vi, eu vi um homem com uma tocha tocando fogo na floresta. É um homem de cabelo vermelho feito fogo...
O Tatu rolou morro abaixo, muito assustado, com medo de morrer assado, quando esbarrou na Cotia. E foi logo gritando, urrando:
- Tem um bando de homens com tochas tocando fogo na floresta. Eles são enormes. Parecem uns monstros com cabelo de fogo, uns dentões...
A Cotia disparou numa corrida louca, até que encontrou o Javali. E foi logo uivando esganiçada:
- Tem uns monstros cabeludos, de cabelos vermelhos, barba comprida e dentes azuis tocando fogo na floresta. Salve-se quem puder.
O Javali bufou, arranhou o chão com as patas, chamou o seu bando e saíram num tropel, correndo. Até que, ficaram cansados, pararam perto de uma árvore que estava cheia de papagaios e todos começaram a falar ao mesmo tempo, javalis e papagaios:
- São monstros enormes, terríveis, botam fogo pela boca. Estão queimando a floresta toda! CURRUPACO! PAPACO! Que incêndio mais danado! O fogo está chegando! Não quero morrer assado! CURRUPACO! SOCORRO! PAPACO!
Bem, a confusão foi crescendo. Tudo que tinha asas voava. Tudo que tinha pernas corria. Tudo que sabia nadar mergulhava no rio.
Mas não apareciam nem fumaça nem o fogo. E só no outro dia, quando o sol nasceu, eles viram que esta história estava mal contada.
E sabe como acabou de verdade? O homem que tinha uma tocha na mão (para espantar mosquitos), apagou o fogo da tocha e foi dormir. Mas se você quiser que a história continue... aumente um pedacinho ao seu gosto. Porque quem conta um conto aumenta um ponto. Não aumenta?

Nana Nenê, Sonia Robatto, Editora Globo, 1993


O papagaio tagarela
Livro

Tarsila e o papagaio Juvenal


Link para essa postagem


A casa das dez furunfunfelhas>Tangolomango>05/12/2016

Na casa cheia de fitas, vivem as dez Furunfunfelhas. 
Sempre animadas, as irmãs gostam de se reunir numa grande roda para demonstrar toda suas habilidades nos trava-línguas, mas vivem tendo tangolomangos. 
Ainda bem que o velho Félix, com seu fole e suas adivinhas, sempre salva as dez irmãzinhas.

A casa das dez Furunfunfelhas

Na história, cada furunfunfelhas fala o seu nó de língua, cada um mais engraçado que o outro; ao término de cada nó de língua, desaparece uma Furunfunfelha.
O livro faz o leitor se divertir ao ler!
No fim da história, aparecem mais dois personagens - o menino em cima do muro e o velho Félix com o seu fole velho nas costas.
Brincar com as palavras é porta de entrada para formar leitores para a vida inteira. Esse jogo de rimas e adivinhas no livro “A Casa das Dez Furunfunfelhas”, de Lenice Gomes, vai despertar a sensibilidade dos seus alunos para a poesia.
Os ditos populares, as parlendas, os trava-línguas e as adivinhas fazem parte da nossa tradição oral e é a sabedoria do povo acumulada e repassada durante séculos. As crianças e adolescentes vão poder redescobrir esse “tesouro” meio esquecido hoje em dia. Além disso, brincar de trava-línguas é uma forma divertida de treinar a dicção do pequeno leitor, exercitando diversos fonemas.
Projeto
Livro/slides
A história
+ Atividades


Link para essa postagem


Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios